Diário Carioca Google News

agentes-de-seguranca-publica-do-rj-farao-ato-na-alerj-contra-medidas-do-governo-estadual

No próximo dia 15 de setembro, agentes civis e militares da segurança pública do Rio de Janeiro farão um ato em frente à nova sede da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), no centro da capital, para protestar contra o pacote de austeridade que o governador Cláudio Castro (PSC) enviará aos deputados estaduais.

Leia mais: “Serviço público vai ser destruído”, apontam trabalhadores em protesto a contra PEC 32 no Rio

Uma das medidas do governo estadual é o fim do adicional salarial garantido aos servidores públicos a cada três anos (triênio), medida que vem gerando divergências entre deputados e Castro. Outras medidas também fazem parte das reformas previdenciária e administrativa exigida pela União para adesão do estado ao Regime de Recuperação Fiscal (RRF).

Segundo o jornal O Dia, o movimento é organizado por agentes da ativa, aposentados e pensionistas da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Polícia Civil, Polícia Penal e do Departamento Geral de Ações Socioeducativas (Degase).

Leia também: Economistas explicam por que desemprego no RJ é maior que a média nacional

Nas chamadas para o protesto, as categorias afirmam que, se aprovadas na Alerj, as medidas de Castro poderão alongar o tempo de congelamento dos salários, além de trazer outras consequências para os servidores.

Edição: Eduardo Miranda


Brasil de Fato

Agência Brasil de Fato traz notícias do Brasil e do mundo, a partir de uma visão popular. Notícias, entrevistas e artigos de opinião