18.9 C
Rio de Janeiro
19 outubro, 2021
Array

Argentina registra 1.350 novos casos e 52 mortes por COVID-19

- Publicidade -

Diário Carioca Google News

Buenos Aires, 14 out (EFE) .- A Argentina registrou 1.350 novos casos de covid-19 na quinta-feira, elevando o número total de positivos para 5.270.003, enquanto as mortes subiram para 115.633, após 52 mortes terem sido registradas nas últimas 24 horas.

Os números marcam um ligeiro aumento em termos positivos divulgados na última quarta-feira, quando foram registrados 1.314 novos casos.

A Argentina apresentou registro diário de infecções em 27 de maio, quando foram notificados 41.080 casos, enquanto o maior número de óbitos em um único dia foi verificado em 22 de junho, com 792 óbitos.

De acordo com o relatório diário do Ministério da Saúde, há 5,1 milhões de pessoas infectadas e que já receberam alta, enquanto o número de pacientes com diagnóstico confirmado de covid-19 que permanecem internados em unidades de terapia intensiva foi nesta quinta-feira de 907, bem abaixo da marca máxima de 7.969 do último dia 14 de junho.

- Advertisement -

O percentual de ocupação de leitos em unidades de terapia intensiva (UTI) para todos os tipos de patologias é de 35,7% em todo o país e de 42,2%, se apenas Buenos Aires e sua periferia forem considerados.

A Argentina experimentou em abril e maio um aumento acelerado nos casos de covid-19, com alto nível de ocupação de leitos nas UTIs, mas a curva ascendente de positivos começou a diminuir em junho, após a aplicação de novas restrições sanitárias e o andamento da campanha de vacinação.

Segundo fontes oficiais, a Argentina tem 20 semanas consecutivas de redução nos casos diários e 18 semanas consecutivas de quedas na mortalidade e no número de internados na UTI para covid-19.

Diante da melhora da situação epidemiológica, desde 1º de outubro o governo Alberto Fernández lançou novas flexibilizações às restrições sanitárias, incluindo o aumento da capacidade em lojas e shows públicos e a abertura gradual das fronteiras para permitir a entrada de todos os estrangeiros a partir de novembro próximo.

Com cerca de 45 milhões de habitantes, o país continua com sua campanha de vacinação contra o Covid-19, iniciada no final de dezembro passado.

Segundo dados oficiais divulgados neste dia, até agora foram aplicadas 54,8 milhões de doses, embora 62,8 milhões de vacinas tenham sido distribuídas em todo o território.

Um total de 30,6 milhões de pessoas receberam a primeira dose da vacina, enquanto 24,1 milhões de pessoas já foram vacinadas com a segunda.

Assine nossa newsletter

Assine nosso Boletim e ique bem informado com as principais notícias do Mundo

- Publicidade -
Redação do Diário Cariocahttps://diariocarioca.com
Equipe de jornalistas e colaboradores do jornal Diário Carioca. Profissionais de comunicação que trazem as informações mais importantes do Brasil e do Mundo

Governo uruguaio cria plano para erradicar analfabetismo nas prisões

Montevidéu, 19 out (EFE).- Os "alarmantes" números de reclusos que não sabem ler nem escrever levaram o governo do Uruguai a criar um plano...

Governo peruano apresenta projeto sobre destituição de presidentes

Lima, 19 out (EFE).- O governo do Peru apresentou nesta terça-feira um projeto de lei no Congresso do país, para determinar que a destituição...

Reino Unido alerta para “descendente” mais contagiosa da variante delta

Londres, 19 out (EFE).- O governo do Reino Unido confirmou nesta terça-feira que "acompanha muito de perto" o surgimento de uma "descendente" da variante...

Problemas no abastecimento global podem durar “vários meses”, segundo OMC

Londres, 19 out (EFE).- Os problemas na cadeia de abastecimento global podem durar "vários meses" devido a um desajuste entre oferta e demanda, assim...

Governo da Rússia propõe 1 semana sem trabalho para tentar conter a covid-19

Moscou, 19 out (EFE).- O governo da Rússia propôs nesta terça-feira declarar um período de uma semana de paralisação do trabalho em todo o...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -

Escritores não correm atrás de políticos com pires na mão. Têm confiança no seu taco

Tenho visto, ao longo da minha vida, escritores com pires na mão suplicando a políticos apoio para escreverem e publicarem em livro físico, como se escrever não fosse só escrever. Quanto a publicar em papel é uma consequência de três fatores: talento, trabalho nunca descontinuado e divulgação. Talento é congênito; trabalho é sair da zona de conforto e não ter medo do quanto podemos suportar, inclusive fome; e promoção, incluindo autopromoção, advém da confiança que temos no nosso taco.
- Publicidade -
Porno Gratuit Porno Français Adulte XXX Brazzers Porn College Girls Film érotique Hard Porn Inceste Famille Porno Japonais Asiatique Jeunes Filles Porno Latin Brown Femmes Porn Mobile Porn Russe Porn Stars Porno Arabe Turc Porno caché Porno de qualité HD Porno Gratuit Porno Mature de Milf Porno Noir Regarder Porn Relations Lesbiennes Secrétaire de Bureau Porn Sexe en Groupe Sexe Gay Sexe Oral Vidéo Amateur Vidéo Anal