Diário Carioca Google News

Festa de campeão, rebaixamento, falhas pitorescas e polêmicas. Quem achou que a penúltima rodada do Brasileirão seria sem emoções, se enganou. Em Campinas, polêmica e muita confusão. Ponte Preta e Vitória batalhavam para permanecer na série A. Depois de abrir dois a zero no primeiro tempo, a Macaca viu o zagueiro Rodrigo ser expulso após dedar o atacante Trellez, do Vitória. A equipe Baiana cresceu, virou a partida, e rebaixou a Ponte Preta. O resultado revoltou os torcedores que entraram em confronto com a polícia. A Ponte é a segunda equipe rebaixada do Brasileirão 2017, junto com o Atlético Goianiense, que empatou em um a um com Grêmio.

O Santos viajou até o Rio de Janeiro e bateu o Flamengo de virada, dois a um para o Peixe, que contou com duas falhas do goleiro Muralha. O resultado garantiu o Santos na fase de grupos da Libertadores. Já o Flamengo permanece em sexto lugar, com risco de ser ultrapassado pelo Vasco, que bateu o Cruzeiro por um a zero.

O Corinthians tinha uma festa marcada para levantar a taça, mas não avisou o Atlético Mineiro, que ainda briga por Libertadores. Em jogo disputado, as equipes empataram em dois a dois. Jadson e Marquinhos Gabriel marcaram para o Timão, Otero e Fred anotaram para o Galo.

Em jogo de arbitragem polêmica, o São Paulo virou contra o Coritiba, fora de casa, dois a um para o tricolor. O Sport venceu o Fluminense por dois a um e segue com esperanças de escapar do rebaixamento, assim como o Avaí, que bateu o Atlético Paranaense por um a zero. A Chapecoense bateu o Bahia por um a zero. Nesta segunda-feira (27), o Palmeiras recebe o Botafogo em casa e fecha a 37ª rodada.

Equipe de jornalistas e colaboradores do jornal Diário Carioca. Profissionais de comunicação que trazem as informações mais importantes do Brasil e do Mundo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *