25.8 C
Rio de Janeiro
sábado, novembro 28, 2020
- Publicidade -

Quais são as candidaturas para a Prefeitura de SP e quem está na frente nas pesquisas

- Publicidade -

Neste fim de semana, mais partidos políticos definiram seus candidatos à Prefeitura de São Paulo, para as eleições municipais de 2020. Ao todo, os paulistanos já têm 13 opções de nomes para escolher no dia 5, em primeiro turno, e no dia 29 de novembro, em segundo turno. Outras três candidaturas ainda aguardam a convenção partidária.

Até o momento, São Paulo tem os seguintes nomes nas cabeças de chapa: 

Andrea Matarazzo (PSD);


Arthur Do Val (Patriota);


Antônio Carlos Silva (PCO);


Bruno Covas (PSDB);


Felipe Sabará (NOVO);


Guilherme Boulos (PSOL);


Jilmar Tatto (PT);


Joice Hasselmann (PSL);


Levi Fidelix (PRTB);


Márcio França (PSB);


Marcos da Costa (PTB);


Orlando Silva (PCdoB); 


Vera Lúcia (PSTU).

Nomes a serem definidos nas próximas convenções:

Celso Russomanno (Republicanos);


Marina Helou (Rede);


Vivian Mendes (UP).

A convenção partidária da Unidade Popular (UP) ocorre nesta segunda-feira (14), a da REDE, nesta terça-feira (15) de setembro, e a dos Republicanos, na quarta-feira (16).

Covas, Boulos e Russomanno na frente

Pesquisa eleitoral divulgada pelo Instituto Atlas Político, na última sexta-feira (11), mostrou que Bruno Covas despontaria com o maior percentual de votos caso a eleição municipal fosse realizada hoje, mas teria de passar por um segundo turno. Com 16% das intenções de voto, Covas é seguido por Guilherme Boulos (12,4%), Celso Russomanno (12,3%) e Márcio França (11,5%).

Na sequência dos quatro candidatos com os maiores percentuais, Joice Hasselmann, Jilmar Tatto e Andrea Matarazzo aparecem com 2,1% cada. Arthur do Val tem com 1,9% das intenções de voto; Filipe Sabará, 1,1%; e Orlando Silva, 0,8%.

Até sexta-feira, Marta Suplicy aparecia com 4,2% das intenções de voto, mas decidiu romper com o Solidariedade, que apoia França, para dar apoio a Covas.

O levantamento foi realizado entre os dias 26 de agosto e 1º de setembro, com 1.514 entrevistados da município de São Paulo. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos.

Edição: Rodrigo Chagas


- Publicidade -

Veja Também

Prestação de contas do governo do Rio será analisada na Alerj nesta segunda-feira

A reunião será transmitida pela TV Alerj e poderá ser acompanhada ao vivo pelo canal do youtube O relatório, elaborado pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE/RJ), será apresentado por representantes do órgão
- Publicidade -

Últimas Notícias

Prestação de contas do governo do Rio será analisada na Alerj nesta segunda-feira

A reunião será transmitida pela TV Alerj e poderá ser acompanhada ao vivo pelo canal do youtube O relatório, elaborado pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE/RJ), será apresentado por representantes do órgão

Boletim Carioca

Assine nossa Newsletter e receba as últimas notícias e ofertas de nossos parceiros em seu email

Prestação de contas do governo do Rio será analisada na Alerj nesta segunda-feira

A reunião será transmitida pela TV Alerj e poderá ser acompanhada ao vivo pelo canal do youtube O relatório, elaborado pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE/RJ), será apresentado por representantes do órgão

Quinze mil policiais estarão de prontidão para eleições neste domingo

Eleitores do Rio, São Gonçalo, São João de Meriti, Petrópolis e Campos voltarão às urnas para 2° turno

Caleidoscópio da Cultura leva ‘Brincantes’ ao Teatro Mário Lago

Além da Vila Kennedy, peça também passará por teatros em Marechal Hermes, Campo Grande e Ipanema

Nissan doa carros elétricos para a Faetec

Carros vão ser utilizados em treinamentos técnicos e qualificação de instrutores especializados

Banco do Brasil lança Pix no WhatsApp, saiba como usar

Solução inovadora no mercado permite aos clientes realizar cadastramento, pagamento e recebimento de Pix, sem sair do ambiente do aplicativo de mensagens

Justiça obriga município do Rio a criar repúblicas para jovens

A decisão é do último dia 14 e decorre de Ação Civil Pública (ACP) proposta pela Coordenadoria de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Cdedica) ainda em 2012.

Caso Carrefour: Defensoria do Rio participa de reunião da comissão da Câmara de Deputados

O caso ocorreu no último dia 19 de novembro quando João Alberto, um homem negro, foi espancado até a morte por seguranças do supermercado Carrefour, em Porto Alegre.
- Publicidade -