21.1 C
Rio de Janeiro
sexta-feira, novembro 27, 2020
- Publicidade -

Bolsonaro não vai leiloar exploração mineral da Amazônia ainda este ano

- Publicidade -

Leilões que possibilitem a exploração dos recursos minerais da Amazônia e outorguem licenças de logística e infraestrutura estão previstos para ocorrer este ano. A proposta do governo federal faz parte do Programa de Parcerias e Investimentos (PPI).

Segundo o diretor do Movimento pela Soberania dos Povos sobre a Mineração (MAM), Márcio Zonta, o iniciativa do governo Jair Bolsonaro revela que a Amazônia está no centro do sistema financeiro internacional. São oito projetos no total na agenda 2020, espalhados por várias partes da região Norte, com uma grande variedade de minerais a serem explorados.

“Eles visam saquear a Amazônia ainda mais. Se entendermos o papel que a Amazônia tem no mundo, e entendermos quais minerais são extraídos, atualmente nesta região, temos duas coisas principais que se destacam: a primeira é que a Amazônia brasileira regula o sistema financeiro internacional do ouro, dependendo sobretudo do o comércio ilegal, e isso vale para outros minerais da região como cobre e ferro ”, resumiu.

O coordenador do movimento social destaca que cobre e ferro, matéria-prima utilizada em uma grande variedade de tecnologias, que vão desde a indústria de armamentos, passando pelo automotivo, passando pela indústria de telecomunicações, tecnologia 5g, e a chamada “indústria supérflua”.

“Esta última são coisas sem funcionalidade social, mas que requerem muitos minerais para serem produzidos: celulares, softwares, não importa o quê, a Amazônia é um suprimento constante desses materiais brutos, que depois são usados ​​para o acumulação primitiva de capital , por meio da produção desses consumos bens ”, acrescentou.

Conflitos ambientais

Segundo informações do governo federal, as áreas em disputa não estão em conservação , nem em reservas indígenas. Além dos leilões de mineração, haverá a concessão de licenças para instalação de cabos de energia no estado do Amazonas, no valor de mais de 1,5 bilhão de dólares e com extensão de 2,5 mil quilômetros.

Zonta ressalta, entretanto, que os danos causados ​​a todos os brasileiros pelas atividades de mineração são inúmeros, sobretudo para as comunidades locais.

Editado por: Rodrigo Chagas


- Publicidade -

Veja Também

- Publicidade -

Últimas Notícias

Boletim Carioca

Assine nossa Newsletter e receba as últimas notícias e ofertas de nossos parceiros em seu email

Vasco empata com Defensa Y Justicia fora de casa na Sul-Americana – Veja os Gols

Na primeira partida de futebol em solo argentino após o falecimento da lenda Diego Armando Maradona, homenageado antes da...

Ivete Sangalo lança “Não Pode Parar”, parceria com MC Zaac

Gravado na Praia do Forte, Bahia, o clipe conta com a direção de Bruno Ilogti e vem com muita dança, coreografia e efeitos especiais.

Dois documentários do Curta! estão na mostra competitiva do Festival de Brasília

A 53ª edição do Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, entre 15 a 20 de dezembro, terá dois documentários...

Daniela Albuquerque entrevista Cesar Filho nesta quinta-feira

Dono de uma voz singular, Cesar trabalha como jornalista há quase 40 anos, na televisão e no rádio. Já...

Produções na HBO que combinam romance e comida

A HBO estreou recentemente a minissérie espanhola FOODIE LOVE, a primeira produção para televisão escrita e dirigida pela reconhecida...

Um novo peão entrou de surpresa em A Fazenda 12, nesta quinta-feira, 26/11: o CB, influenciador digital da Casas Bahia, está na sede...

Cada episódio de A Fazenda traz muitas novidades e reviravoltas para o público e para os integrantes do reality,...

RedeTV! promove sabatina com Bruno Covas (PSDB) nesta sexta-feira

A RedeTV! realiza nesta sexta-feira (27), às 21h45, uma sabatina com o candidato à Prefeitura de São Paulo, Bruno...
- Publicidade -