24.7 C
Rio de Janeiro
sábado, novembro 21, 2020
- Publicidade -

Bancada de renda básica é lançada por candidaturas de esquerda para avançar 2020

- Publicidade -

Candidatos a prefeituras e Municípios de vereadores de esquerda lançaram nesta terça-feira 20) uma bancada nacional de renda básica para as vantagens de 2020, em colaboração com associações da sociedade civil.

A articulação pede que o direito à segurança de renda seja tratado como fundamental nos programas municipais de governo, como “uma bandeira suprapartidária e aberta à adesão plural” e ressaltam que “os passos para uma renda básica são indispensáveis ​​para a erradicação da pobreza “. Leia o manifesto completo .

:: Redução do Auxílio Emergencial ameaça toda a economia do país, indica especialista ::

Principal defensor da renda básica no país, o candidato a vereador em São Paulo Eduardo Suplicy (PT) comemorou a formação da bancada, afirmando que o Brasil se torna um país de vanguarda ao lutar pela melhor distribuição de renda.

“Com essa medida, nosso país se coloca na vanguarda que lutam pela construção de uma sociedade mais solidária. Com frequência, o Brasil foi referido como um dos últimos países a abolir o trabalho escravo. Agora, o Brasil será referido como o primeiro que institui um sistema de solidariedade tão extensa ”, disse.

Manuela d’Ávila (PC do B), candidata que lidera as pesquisas para a Prefeitura de Porto Alegre, ressaltou a importância do auxílio emergencial nos meses de pandemia, o que evidencia, segundo ela, a importância de uma renda básica para combater a desigualdade no país.

“Nós vivenciamos, neste momento tão dramático da nossa história, a namoro de uma política como essa, idealizada e batalhada pelo Suplicy. Nós vimos, neste período curto de temor, o impacto na redução da desigualdade, da miséria no nosso país com o estabelecimento dessa política ”, relatou.

“ Se antes alguns questionavam os impactos, as consequências de uma política como a renda básica cidadã para enfrentar o problema central do nosso país que é a desigualdade, a partir de questões de raça e de gênero, o período de implementação da renda emergencial sepultou qualquer dúvida ”, afirmou Manuela .

:: Renda básica universal: o que falta para concretizarmos essa ideia? ::

A candidata a vereadora do Rio de Janeiro Monica Benício (PSOL) m reforçou a importância do mecanismo para mulheres, principalmente as subempregadas e mães solo.

“ puderam se emancipar, podem ter a condição de dizer não a trabalhados humilhantes, que têm caráter exploratório. [Mães solo] agora podem criar seus filhos com mais dignidade ”, observou.

Candidato a prefeito em Curitiba, Goura (PDT) exaltou a importância de um campo político que lute pela redução das desigualdades.

“Temos que encarar as profundas desigualdades sociais das nossas cidades, todas elas. O Brasil compartilha dessas desigualdades das cidades latino-americanas. É importante a gente ter um campo político que vai atuar fortemente na redução das desigualdades ”, defendeu.

Edição: Leandro Melito

- Publicidade -

Veja Também

- Publicidade -

Últimas Notícias

Boletim Carioca

Assine nossa Newsletter e receba as últimas notícias e ofertas de nossos parceiros em seu email

Filhos de Gugu falam sobre o pai no Domingo Espetacular

O Domingo Espetacular deste final de semana, dia 22/11, exibe uma reportagem especial em homenagem a Gugu Liberato. Esta...

MC Mirella bombardeia Jake e Mariano, surpreende na avaliação de Biel, Raissa e Stéfani e comenta sinais combinados com ex-peões

O Hora do Faro deste domingo (22/11) recebe a décima e mais recente eliminada de A Fazenda 12, MC Mirella, e dá sequência...

Case “Vivi Guedes”, como embaixadora da Fiat, leva três troféus no Effie Awards Brasil

- Ação da Fiat com a agência Leo Burnett Tailor Made e a Rede Globo foi um dos destaques da premiação

Fazendas milionárias do megatraficante Cabeça Branca vão à leilão

As terras de um dos principais traficantes da América Latina são avaliadas em mais de R$ 9 milhões
- Publicidade -