29 C
Rio de Janeiro
terça-feira, dezembro 1, 2020
- Publicidade -

“Restinga e mangue ficam”: campanha denuncia o desmonte das políticas ambientais

- Publicidade -

Organizações Não Governamentais (ONGs) e Ativistas Ambientais criaram uma campanha “Restinga e Mangue ficam!” , para divulgar informações sobre a resolução 315 / 2002, lançada em setembro pelo Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama). Essa resolução revogou as resoluções 95 / , 264 / 1999, 303 / 2001 e 302 / 2001 – existentes há mais de duas décadas – que garantiam a preservação de manguezais, da restinga e do uso das águas dos lençóis freáticos .

Com isso, os movimentos querem pressionar a ministra do Supremo Tribunal Federal (STF), Rosa Weber, no julgamento da Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) nº 560, que deve avaliar a constitucionalidade da ação.

Leia mais : A boiada que desmatou manguezais e restingas

“É uma campanha de contexto nacional, porque fala de áreas de preservação permanente, que são os manguezais e as restingas, que a gente tem em todo o litoral brasileiro, né? São mais de um milhão de hectares do Brasil, em que a gente tem esses ecossistemas, que muita gente talvez não ouça falar sobre o que são, porém a nossa ideia também é trazer a importância que os manguezais e como restingas têm pra gente, muito mais do que a gente pode imaginar ”, afirmou Karina Penha, bióloga, ambientalista, mobilizadora de Criação na Rede Nossas e Articuladora na organização de Jovens Engajamundo.

Os manguezais são considerados berçários para os recursos pesqueiros, sustentam mais de um milhão de pessoas e equipamento mais de 95% do alimento que o homem captura no mar, como: ostras, moluscos, crustáceos, aves marinhas e outras espécies, segundo dados do Ministério do Meio Ambiente.

Leia também: “Megaboiada”: em Conama aparelhado, Salles revoga normas ambientais para agronegócio

As resoluções do Conama não ameaçam apenas o ecossistema, mas também a geração de renda d os trabalhadores que dependem dessas biomas e ficam totalmente desprotegidos com a revogação. “O único meio jurídico que a gente tem de proteção das restingas são essas resoluções que foram retiradas. Então, não tem como a gente dizer que não vai afetar, porque é um ecossistema que fica sem proteção a partir dessas decisões ”, acredita Karina.

Veja a reportagem completa:

O objetivo da iniciativa da sociedade civil é garantir a preservação de biomas e impedir o desmonte das políticas ambientais que vem sendo praticado pelo governo Bolsonaro e pelo ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles.

“A campanha, que é formada por mais de 09 movimentos e , tem como objetivo fortalecer essa luta e essa pressão em cima do STF para que barre os desmontes que o ministro Salles vem fazendo ”, disse Eddie Rodrigues colet, ativista ambiental, fundador do Salve Barra de Jangada e membro do Fórum Ambientalista de Pernambuco.

Relembre: MPF pede afastamento de Salles para impedir “consequências trágicas” ao meio ambiente

O Conama é um órgão consultivo e deliberativo dentro do Ministério do Meio Ambiente, liderado pelo ministro Ricardo Salles, que já interessa em flexibilizar a proteção ao meio ambiente. “A gente vem sofrendo uma série de ofertas e uma série de desmontes em tudo o que está relacionado ao meio ambiente nesse país desde que o governo Bolsonaro assumiu. Então, o que acontece é que essas articulações e esses mecanismos acabam sendo ou esvaziados ou aparelhados pelos empresários ou pelo ministro Salles ”, ressaltou Eddie.

O Brasil tem a maior região contínua de manguezais no mundo e, para as associações, deixar essas vegetações desprotegidas pode gerar danos irreparáveis. “O Brasil é o país mais biodiverso do mundo, então, se a gente não protege a nossa biodiversidade, se a gente não protege aquilo que a gente ainda tem hoje depois de tudo, a gente está perdendo. E aí a gente pode observar o Pantanal, metade do Pantanal já queimado. E aí, como a gente recupera isso? E têm coisas que não dá para recuperar ”, lamentou Karina.

Fonte: BdF Pernambuco

Edição: Vanessa Gonzaga


2020

- Publicidade -

Veja Também

Kiko Soares lança dueto com Beth Carvalho: “Pagode do Trem”

Kiko Soares chega bem acompanhado neste seu primeiro single, que lança nesta semana em que se comemora o dia do samba: Beth Carvalho divide com ele os vocais de “Pagode do Trem”
- Publicidade -

Últimas Notícias

- Publicidade -

Boletim Carioca

Assine nossa Newsletter e receba as últimas notícias e ofertas de nossos parceiros em seu email

Horóscopo de quarta-feira 02 de dezembro de 2020

Confira a previsão do horóscopo do dia 02 de dezembro de 2020 e fique por dentro de tudo o que o seu signo lhe reserva para o amor, dinheiro e saúde.

Clientes Giro terão 30 dias grátis em aplicativo de jornais e revistas

Além de ganharem um mês pelo uso da Bebanca, os interessados vão contar com 70% de desconto na plataforma do parceiro posteriormente

Kiko Soares lança dueto com Beth Carvalho: “Pagode do Trem”

Kiko Soares chega bem acompanhado neste seu primeiro single, que lança nesta semana em que se comemora o dia do samba: Beth Carvalho divide com ele os vocais de “Pagode do Trem”

Livro RioFilme: O cinema carioca na lente da história será lançado no Rio

A Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e da RioFilme, realizará nesta quinta-feira (03/12), às 13 h, o lançamento do livro RioFilme: O cinema carioca na lente da história, na Biblioteca Parque

Agora é lei: Rio de Janeiro terá plano para enfrentamento da covid-19 na gestão dos servidores de limpeza urbana

O objetivo principal é a adoção de medidas de proteção epidemiológica com atenção especial para a saúde dos catadores de materiais reutilizáveis ou recicláveis e demais trabalhadores nos serviços de resíduos sólidos.

DF: Nova Lei do Gás pode contribuir para redução do preço do gás de cozinha

Ao passar por reajustes ao longo dos últimos meses, preço do gás de cozinha tem...
- Publicidade -