25 C
Rio de Janeiro
quarta-feira, dezembro 2, 2020
- Publicidade -

Mesmo com terra reconhecida pelo STF, comunidade indígena de SP relata apreensão

- Publicidade -
- Publicidade -

<

div itemprop=”articleBody”>

Após ter a homologação da Terra Indígena Piaçaguera , litoral de São Paulo, mantida pelo Supremo Tribunal Federal (STF) no último dia 2 de outubro, uma comunidade da área lida agora com uma expectativa que gira em torno do julgamento do chamado “ marco temporal ”, proposta defendida por ruralistas que visa limitar os territórios originários àqueles que estavam ocupados pelos povos indígenas no dia 5 de outubro de 1988, data em que entrou em vigor a Constituição Federal.

- Publicidade -

Marcada bolada para próxima quarta-feira ( 23), a avaliação da medida foi retirada da pausa do STF nesta sexta-feira (20), mas a indefinição da questão em si continua mobilizando os integrantes das 09 aldeias locais e gerando apreensão.

É o que afirma, por exemplo, a professora Lilian Gomes Fernandes, para quem os moradores de Piaçaguera ainda não podem celebrar uma homologação. “A gente ainda não consegue comemorar, não consegue ficar tranquilo, porque o que a gente vê na terra é pros nossos filhos e netos que estão vindo. A gente queria morrer tranquilo, comemorar de fato, de verdade ”.

O relato se repete no discurso de outras lideranças do território, como é o caso do cacique Awá Tenondegua, da aldeia Tapirema, que comemorou a validação do reconhecimento do território Piaçaguera, mas com a consciência de que a luta ainda não teve o seu fim. “Quando veio a notícia de que a homologação foi confirmada, a gente ficou bem tranquilo, bem aliviado, demos o nosso grito de guerra. Foi mais uma vencida. Mas ainda não estamos seguros com essa decisão do marco temporal ”.

O processo de demarcação do Território Indígena Piaçaguera teve seu fim em maio de 2016, mas, na sequência, enfrentou questionamentos vindos de um proprietário de terra da região que tentou reverter a homologação da área junto ao Supremo. Neste mês, após quatro anos de uma ansiosa batalha, o STF decidiu reconhecer a oficialização da terra. Em uma decisão unânime da Corte, os magistrados destacaram, entre outras coisas, a importância da relação mantida pelos tradicionais tradicionais com suas terras.

É ao evocar essa relação que a cacica Itamirim, da aldeia Tabaçu Reko Ypy, projeta a possibilidade de um “futuro verde” a partir da garantia de posse da terra, caso o Supremo rechace a tese do marco temporal. Com uma área de cerca de 3 mil hectares, o território Piaçaguera está localizado na região da Mata Atlântica e abrange o litoral até o sertão, com uma extensa vegetação. A comunidade reúne cerca de 99 pessoas de aldeias que compram do tronco tupi-guarani , família linguística que tem a maior distribuição geográfica do Brasil.

1dd6206b08b99fb420540afe6310beec

Com área de cerca de 3 mil hectares, território Piaçaguera fica na região da Mata Atlântica e abrange o litoral até o sertão, com extensa vegetação / Carlos Penteado

“ É muito impressionante que os guaranis, em geral, conseguido se manter vivos e atuantes até hoje. São 350 anos de resistência mesmo, e eu acho muito impressionante [o fato de] essas áreas, onde tem muito apelo chegando da cidade, ainda resistirem e quererem outro modo de vida, um modo que respeita o seu vínculo com a natureza ”, realça a advogada Carol Bellinger, da Comissão Pró-Índio, que acompanha o status jurídico da comunidade Piaçaguera.

Na luta pela preservação do patrimônio , os indígenas locais lidam cotidianamente com o desafio de recuperar os trechos destruídos por mineradores ) de areia que atuaram na região por mais de cinco décadas. Ao mesmo tempo, se engajam na luta político-jurídica para pressionar o STF contra o marco temporal.

“A gente sempre está diluída em muitas lutas. O povo indígena nunca para . Passa uma liderança, outras outras, mas sempre na função de lutar por melhorias e manter aquilo que já tem ”, analisa o cacique Awá Tenondegua.

Para Itamirim, a mobilização coletiva é a forma de evitar que o Supremo negue o reconhecimento das terras historicamente ocupadas. “Porque, se isso acontecer, nós vamos ter um retrocesso muito grande. Vai ser um etnocídio ”, qualifica.

Ela acrescenta que os indígenas locais têm investido em uma articulação pelas redes sociais para tentar envolver outros atores na defesa das áreas tradicionais. “E também a gente tem a força da parte da espiritualidade, da ancestralidade juntamente com as pessoas que não são indígenas, que estão conosco nessa energia positiva e acreditando que tudo vai dar certo porque nós somos fortes. Juntos, somo mais fortes ”, afirma, ao apontar novamente para o“ futuro verde ”.

Edição: Mauro Ramos


420540

Boletim Carioca

Assine nossa Newsletter e receba as últimas notícias e ofertas de nossos parceiros em seu email

Veja Também

Secretaria do Ambiente fiscaliza Canal do Marapendi e lagoas da Barra da Tijuca

A ação contou com o apoio do Comando de Polícia Ambiental (CPAm), e foi desencadeada com o objetivo de checar despejo irregular de efluentes nos ecossistemas lagunares da Barra da Tijuca.

Câmara aprova MP que libera recursos para compra da vacina de Oxford contra a Covid-19

O dinheiro vai custear contrato entre a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), vinculada ao Ministério da Saúde, e o laboratório AstraZeneca. A empresa desenvolve uma vacina contra Covid-19 em parceria com a Universidade de Oxford, no Reino Unido.

Últimas Notícias

Leticia Aguiar e Janaina Paschoal cobram informações sobre demolição do Ginásio do Ibirapuera

Parlamentares assinam em conjunto um Requerimento de Informação, com uma série de questionamentos sobre o futuro do Complexo Esportivo do Ibirapuera

Corpo de Bombeiros entrega 58 ambulâncias adquiridas com recursos da Taxa de Incêndio

Tributo também serviu para aquisição de 20 motos aquáticas e um reboque marítimo

Secretaria do Ambiente fiscaliza Canal do Marapendi e lagoas da Barra da Tijuca

A ação contou com o apoio do Comando de Polícia Ambiental (CPAm), e foi desencadeada com o objetivo de checar despejo irregular de efluentes nos ecossistemas lagunares da Barra da Tijuca.

Alerj aprova contas do governo Wilson Witzel de 2019

Os parlamentares também aprovaram, por unanimidade, nesta quarta, o projeto de decreto legislativo 53/20, que aprova as contas de 2019 do Tribunal de Contas do Estado (TCE/RJ)

Câmara aprova MP que libera recursos para compra da vacina de Oxford contra a Covid-19

O dinheiro vai custear contrato entre a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), vinculada ao Ministério da Saúde, e o laboratório AstraZeneca. A empresa desenvolve uma vacina contra Covid-19 em parceria com a Universidade de Oxford, no Reino Unido.

Confira o calendário de pagamento de benefícios do INSS de 2021

Segurados do INSS já podem conferir a data em que os depósitos serão feitos no próximo ano

No Congresso, Pazuello diz que Ministério da Saúde vai buscar vacina de excelência

Ele também reafirmou que, no que depender do governo, a população não será obrigada a se imunizar contra o vírus que causa a covid-19.

Feira Samba do Machado, no Catete, tem artesanato, música e gastronomia para o Carioca

A feira virou ponto de encontro tradicional no Catete, com uma programação cultural diversificada, reunindo diversos artesãos que oferecerem produtos variados, como moda praia, moda fitness e moda afro, calçados, bijuterias, cartonagem, entre outros, além de alimentos e bebidas.

Dia Nacional do Samba tem Trem online na “Portela” e exposição no Museu do Samba, na Mangueira

O Dia Nacional do Samba – comemorado em 02 de dezembro – será diferente em 2020. Sem muitos motivos para comemorara a data será marcada por comemorações online em todo o Brasil, principalmente no Rio de Janeiro.

Relatório da OIT aponta redução de salários na Pandemia de COVID-19

Mesmo antes do início da pandemia de COVID-19, centenas de milhões de pessoas em todo o mundo recebiam menos do que o salário mínimo.

Nova Fiat Strada é a Picape do Ano no Brasil

- Segunda geração do comercial leve da marca coleciona prêmios entre os jornalistas especializados, um reconhecimento à altura da força do líder de seu segmento há 20 anos - Destaque também para Antonio Filosa, presidente da FCA para a América Latina, escolhido Executivo do Ano, até o momento, em três premiações por sua liderança no período mais desafiador da indústria automotiva nacional

Hacker anuncia venda de acesso a servidor das Forças Armadas

“O Ministério da Defesa silenciou sobre um anúncio que circulou em um dos principais sites dedicados ao cibercrime na deep wep, o submundo da internet, há duas semanas”, diz a Crusoé.

Secretaria do Ambiente fiscaliza Canal do Marapendi e lagoas da Barra da Tijuca

A ação contou com o apoio do Comando de Polícia Ambiental (CPAm), e foi desencadeada com o objetivo de checar despejo irregular de efluentes nos ecossistemas lagunares da Barra da Tijuca.

Câmara aprova MP que libera recursos para compra da vacina de Oxford contra a Covid-19

O dinheiro vai custear contrato entre a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), vinculada ao Ministério da Saúde, e o laboratório AstraZeneca. A empresa desenvolve uma vacina contra Covid-19 em parceria com a Universidade de Oxford, no Reino Unido.

Conta de luz fica mais cara em dezembro, revela Aneel

O órgão reativou o sistema de bandeira tarifárias e estabeleceu bandeira vermelha patamar 2 para este mês. A taxa é considerada a mais alta, com custo de R$ 6,243 por 100 quilowatts/hora consumidos
- Publicidade -