21.1 C
Rio de Janeiro
sexta-feira, novembro 27, 2020
- Publicidade -

Violência política contra mulheres é denunciada em ato virtual

- Publicidade -

A violência contra as mulheres passa por vários níveis e segmentos. Com a política não seria diferente. A chegada das atualizações faz com que se acirrem os avanços. Tendo em vista esse contexto, a deputada federal Maria do Rosário (PT), promove, nesta quinta-feira (19), às 14 h, o ato político “Pela ética e pela democracia – basta de violência política contra as mulheres – por Luizianne Lins e por todas nós “.

Com a presença já confirmada de Dilma Rousseff, Luizianne Lins, Marcia Tiburi, Gleise Hoffmann, Preta Ferreira, Lola Aronovich, Fátima Bezerra e Ane Carolyne, o evento, além de denunciar os dados à candidata a prefeitura de Fortaleza Luizianne Lins (PT), lançará um manifesto que deve ser entregue posteriormente ao Tribunal Superior Eleitoral e ao Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Sul. Também reforçará apelo ao respeito e equidade em debates, declarar, redes e ruas e declarar limpas, sem agressões e fakenews, ea ação das autoridades eleitorais frente às agressões.

Além de denunciar os redes das redes sociais do ódio em debates, ou ento reforçará o manifesto “Pela ética e pela democracia – Por todas nós – Basta de política violência contra as mulheres” , que pede providências à Justiça Eleitoral para inibir e responsabilizar quem ataca as mulheres candidatas.

Saiba mais: Candidatas lançam o manifesto “Basta de violência contra política as mulheres! ”

Idealizadora do projeto “Por todas nós”, uma deputada Maria do Rosário destaca que os sofridos pelas mulheres nos ambientes públicos nos dias atuais, e que as Mulheres candidatas estão sofrendo, também contribuem para a violência contra a mulher no ambiente privado, inclusive provocando o aumento do feminicídio. Segundo a mais recente publicação do Anuário Brasileiro de Segurança Pública , uma pandemia agravou a violência contra mulheres, aumento o número de feminicídios no país.

Na avaliação da deputada, a cultura de propriedade, de posse, que está nos ambientes de poder do Brasil, está também nos ambientes que protegem as mulheres, como: as polícias, o judiciário , os poderes de um modo geral, o legislativo e o executivo.

Leia também: Violência política cresce no país; mulheres são maior alvo de insultos e analise

De acordo com a parlamentar, o contexto das informações faz com que a política esteja mais ainda presente no Brasil do que em outros momentos. “A violência violenta como um todo e a violência política de gênero continua mais em forma de sexismo, de misoginia, de tentativa de silenciamento”, aponta.

A violência política que as candidatas sofrendo impulsionou a criação do manifesto “Basta de violência política contra as mulheres”. Ele surgiu após a candidata à prefeitura de Porto Alegre, Manuela D’Ávila, ser desproporcionalmente atacada nas redes sociais e em debates. A onda de propostas e criação de mentiras se intensificou devido ao fato de Manuela aparecer em primeiro lugar nas primeiras pesquisas de intenção de voto.

:: Campanha monitora violência política de gênero contra mulheres ::

“Nós conquistamos espaço e recursos para as mulheres, então a extrema direita no poder age de forma a tentar impedir as mulheres que carregam consigo programas de transformação da sociedade e da liberdade para as mulheres, as mulheres que simbolizam esta transformação e que enfrentam a extrema direita, e as ataca de várias maneiras ”, afirma a parlamentar.

Segundo Maria do Rosário, na polarização política no Brasil, a violência tem uma linha ideológica clara. “Ela vem da extrema direita contra as mulheres do campo popular e da esquerda. Contra as feministas, contra as que lutam por um país livre, soberano, com direitos humanos. Essa é a característica da violência no Brasil. Uma violência de gênero, de raça, de classe, ideológica, promovida pela extrema direita contra as mulheres pelos setores conservadores, pelos neofascistas ”, expõe.

O ato pode ser acompanhado no YouTube e Facebook da deputada Maria do Rosário.

Fonte: BdF Rio Grande do Sul

Edição: Marcelo Ferreira


- Publicidade -

Veja Também

- Publicidade -

Últimas Notícias

Boletim Carioca

Assine nossa Newsletter e receba as últimas notícias e ofertas de nossos parceiros em seu email

Vasco empata com Defensa Y Justicia fora de casa na Sul-Americana – Veja os Gols

Na primeira partida de futebol em solo argentino após o falecimento da lenda Diego Armando Maradona, homenageado antes da...

Ivete Sangalo lança “Não Pode Parar”, parceria com MC Zaac

Gravado na Praia do Forte, Bahia, o clipe conta com a direção de Bruno Ilogti e vem com muita dança, coreografia e efeitos especiais.

Dois documentários do Curta! estão na mostra competitiva do Festival de Brasília

A 53ª edição do Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, entre 15 a 20 de dezembro, terá dois documentários...

Daniela Albuquerque entrevista Cesar Filho nesta quinta-feira

Dono de uma voz singular, Cesar trabalha como jornalista há quase 40 anos, na televisão e no rádio. Já...

Produções na HBO que combinam romance e comida

A HBO estreou recentemente a minissérie espanhola FOODIE LOVE, a primeira produção para televisão escrita e dirigida pela reconhecida...

Um novo peão entrou de surpresa em A Fazenda 12, nesta quinta-feira, 26/11: o CB, influenciador digital da Casas Bahia, está na sede...

Cada episódio de A Fazenda traz muitas novidades e reviravoltas para o público e para os integrantes do reality,...

RedeTV! promove sabatina com Bruno Covas (PSDB) nesta sexta-feira

A RedeTV! realiza nesta sexta-feira (27), às 21h45, uma sabatina com o candidato à Prefeitura de São Paulo, Bruno...
- Publicidade -