Na edição de 2021, a campanha na rede pública vai ser realizada até o dia 9 de julho e será dividida em três fases:  



Primeira fase: serão imunizados idosos a partir de 60 anos e profissionais da saúde; 

Segunda fase: é a vez de portadores de doenças crônicas não transmissíveis, caminhoneiros, motoristas de transporte coletivo e portuários, profissionais das forças de segurança e salvamento, pessoas com doenças crônicas, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, além da população privada de liberdade e povos indígenas;

:: Opinião | Defender o SUS é defender a vida ::

Terceira fase: serão vacinadas as crianças de 6 meses a menores de 6 anos e também grávidas, mães no pós-parto, pessoas portadoras de deficiência, professores de escolas públicas e privadas e pessoas de 55 a 59 anos de idade.

A importância da vacinação​​

A gripe é uma infecção que pode atingir pessoas de todas as idades e como o vírus Influenza apresenta grande capacidade de mutação, todos os anos há uma nova formulação da vacina. Por isso, é importante que a população faça o reforço anual.

Influenza e covid-19

Outra recomendação feita pelo Ministério da Saúde é que as pessoas com suspeita de coronavírus ou qualquer outra doença aguardem a melhora total dos sintomas para evitar confusão na identificação das reações adversas da vacina.

  Edição: Daniel Lamir

Brasil de Fato

Agência Brasil de Fato traz notícias do Brasil e do mundo, a partir de uma visão popular. Notícias, entrevistas e artigos de opinião