Diário Carioca Google News

A Câmara dos Vereadores do Rio de Janeiro vai votar nesta quinta-feira (3), às 15h, a abertura de um processo de impeachment contra o prefeito Marcelo Crivella (Republicanos). O pedido de impedimento tem como base a denúncia do uso de servidores municipais comissionados para impossibilitar o trabalho de jornalistas em unidades de saúde do Rio. 

O esquema foi denunciado pela TV Globo e ficou conhecido como “Guardiões de Crivella”, nome de um dos grupos de WhatsApp em que as ações eram coordenadas.

Leia também: “Guardiões do Crivella” motiva pedido de impeachment contra prefeito do Rio

Após a denúncia, foram protocolados dois pedidos de impeachment contra o prefeito. O primeiro deles foi apresentado pela deputada estadual Renata Souza (Psol), que também é pré-candidata à Prefeitura do Rio. O segundo é de autoria do vereador Átila A. Nunes (DEM).

O presidente da Câmara dos Vereadores, Jorge Felippe (DEM), decidiu levar os pedidos ao plenário, após pareceres favoráveis da Procuradoria da Câmara e da Secretaria Geral da Mesa Diretora.

Fonte: BdF Rio de Janeiro

Edição: Mariana Pitasse


Newsletter

Mais Noticias

Lo que no dicen de Cuba

No empezó con Biden, hay que decir. Desde el 2017 vienen martillando la falacia de un estallido social en Cuba con su solución mágica, la “intervención humanitaria”

Brasil de Fato

Agência Brasil de Fato traz notícias do Brasil e do mundo, a partir de uma visão popular. Notícias, entrevistas e artigos de opinião