Diário Carioca Google News

A pandemia de covid-19 já atingiu 232 cidades no Paraná. Curitiba e a Região Metropolitana têm 1.453 casos confirmados e 60 óbitos. A segunda região com maior incidência é a de Cascavel, com 468 casos e 9 óbitos. Em estudo feito pelo Centro de Operações de Emergências em Saúde Pública (Coesp), da Universidade Estadual de Londrina (UEL), de 14 de março a 26 de maio, Cascavel surge com a maior curva ascendente do estado. Em 16 de maio, a prefeitura de Cascavel informou que a cidade já estava com 90% dos leitos de UTI para tratamento de covid-19 ocupados.

Segundo o vereador de Cascavel Paulo Porto (PCdoB), um dos fatores do aumento de casos na cidade é a flexibilização do isolamento social. “O isolamento inicial garantiu certo fôlego. Mas, agora, Cascavel tem 98% do comércio funcionando. Com testes sendo aplicados, estamos nos tornando a cidade com maior número de casos de covid-19 e na iminência do colapso do sistema de saúde”, ressalta.

:: Aumento de mortes por pneumonia levanta suspeitas sobre subnotificação de covid-19 ::

Frigoríficos

Outro problema apontado pelo vereador são os frigoríficos. “Somente a Coopavel possui hoje 53 funcionários contaminados”, conta. Enquadrados como serviços essenciais, empresas que processam carnes mantêm o funcionamento durante a quarentena e seus ambientes são propícios à disseminação do vírus por serem fechados, com baixas temperaturas, umidade e diversos postos de trabalho sem o distanciamento mínimo de segurança.

:: Frigoríficos reabrem no Rio Grande do Sul após acordo no MP; sindicato critica medida ::

Médicos alertam

Em manifesto, médicos que atuam no Hospital Universitário Oeste do Paraná alertaram a população sobre os rumos preocupantes da epidemia. “Somos testemunhas do heroico esforço que nossa equipe tem feito para promover uma assistência de qualidade e com a segurança que a situação exige. No entanto, nos últimos dias, claramente nossa batalha tem ficado mais difícil, já que o número de casos vem aumentando de maneira impressionante. Temos um temor de chegarmos a níveis caóticos, como os que devastam o sistema de saúde das grandes cidades brasileiras atingidas pela pandemia”, afirmam.

Fonte: BdF Paraná

Edição: Gabriel Carriconde e Vivian Fernandes


Newsletter

Mais Noticias

formula-e:-lucas-di-grassi-vence-primeira-de-duas-etapas no-mexico

Fórmula E: Lucas di Grassi vence primeira de duas etapas no México

O brasileiro Lucas di Grassi venceu a primeira das duas etapas da temporada 2021 da Fórmula E na cidade de Puebla (México). Neste sábado (19), o piloto cruzou a linha de chegada em segundo, atrás de Pascal Wehrlein, mas foi beneficiado por uma infração técnica cometida pela Porsche, escuderia do rival alemão, herdando a primeira colocação. A segunda das provas em Puebla […]

Equipe de jornalistas e colaboradores do jornal Diário Carioca. Profissionais de comunicação que trazem as informações mais importantes do Brasil e do Mundo