Diário Carioca Google News

Angus Young do AC / DC eliminou rumores de que o falecido cantor Bon Scott ajudou a escrever várias faixas de seu álbum seminal ‘Back In Black’.

  • Leia mais: AC / DC – Análise de ‘Power Up’: Ícones do rock australiano continuam firmes em suas brincadeiras º álbum

A banda lançou o álbum, poucos meses depois que Scott morreu com a idade de 17 como um resultado de intoxicação aguda por álcool em 1980.

Frontman Brian Johnson, que ocupou o lugar de Scott na escalação , refletido na escrita da faixa-título durante seu 33 o aniversário. “Lembro que ‘Back in Black’ foi particularmente difícil porque os meninos diziam: ‘Escute, queremos essa música em memória de Bon, mas não queremos que seja triste ou piegas, queremos que seja uma coisa boa, música positiva ”, disse ele.

“ Então foi muito difícil, mas acho que conseguimos muito bem. É meio lento, mas tem um ótimo riff. Foi difícil, aquele. ”

Em uma nova entrevista, Young disse agora que Scott não teve nenhuma contribuição no álbum em si, mas ele ajudou em algumas demos iniciais.

“Bon nunca teve a chance”, disse o guitarrista à revista Paste. “Na época, eu e Malcolm [Young] estava escrevendo canções, que se tornaram as canções de ‘Back In Black’.

“Estávamos em Londres em uma sala de ensaios e Bon havia descido também . E o que costumava acontecer era que eu e Malcolm íamos juntos e pegávamos um kit de bateria, e Malcolm ia atrás da bateria às vezes, e eu pegava a guitarra e simplesmente tocava um riff. Ou outras vezes, Malcolm pegava a guitarra e me fazia apenas bater uma batida simples na bateria.

“De qualquer forma, estávamos trabalhando duro, e isso estava em uma introdução que foi na verdade o que se tornou a introdução de ‘Hells Bells’. Então Bon apareceu e Malcolm disse, ‘Oh, ótimo, Bon. Você pode ficar atrás do kit. ‘ Porque originalmente Bon começou como baterista. Então Bon foi atrás da bateria para que pudéssemos tentar resolver essa introdução, como queríamos fazê-la. Então resolvemos isso como queríamos.

“E o outro era ‘Have A Drink On Me’, um riff com o qual Malcolm estava brincando. Então elaboramos a introdução e como a música iria funcionar. Então ele chamou Bon para fazer uma demonstração disso. Então era isso, realmente. Se você estava procurando o que Bon tinha feito, era apenas para nos ajudar com aquelas demos na bateria. E ele até nos disse, quando estávamos terminando de madrugada: ‘Olha, vamos ficar juntos na próxima semana.’

“Ele estava trabalhando em alguns letras, e disse, ‘Nós vamos ficar na próxima semana e talvez nós três possamos simplesmente começar a passar por coisas.’ Mas, infelizmente, ele faleceu antes disso. ”

Enquanto isso, Young revelou recentemente que teve a ideia para a música ‘Highway To Hell’ enquanto estava sentado no banheiro.

Equipe de jornalistas e colaboradores do jornal Diário Carioca. Profissionais de comunicação que trazem as informações mais importantes do Brasil e do Mundo