A partir de

 quinta-feira, 8 de abril, Gordon Buchanan e o Animal Planet vão mostrar a vida selvagem como ninguém, nem mesmo os mais experientes cinegrafistas, já viu: CÂMERA ANIMAL (Animals With Cameras) estreia às 22h30 e compila imagens impressionantes captadas pelos próprios bichos em seus habitats.

Com a ajuda de pesquisadores especializados nessas espécies selvagens, câmeras especialmente desenvolvidas para a série foram posicionadas nos corpos de animais de diferentes tamanhos: dos pequeninos suricatos e seu universo subterrâneo com túneis e câmaras, a pinguins e focas que submergem em águas frias, passando pelos sociáveis chimpanzés e suas acrobacias no topo da floresta e o veloz guepardo, que chega a correr em velocidade superior a 100km/h.

O resultado são cenas inéditas que mostram as interações desses animais com o ambiente, com seus pares e filhotes, e também com presas e predadores. Sob a perspectiva própria dos bichos, essas imagens são como crônicas da vida selvagem e revelam comportamentos que nunca haviam sido vistos por humanos. Esses registros repletos de ação e emoção estão dispostos em três episódios com duração de uma hora cada.

O primeiro deles vai às florestas da África, em Camarões, na floresta onde vivem os chimpanzés, para documentar como esses primatas escalam árvores gigantescas, caminham sobre os galhos e fazem verdadeiras acrobacias nos ares. Um colar com câmera envolverá o pescoço de uma fêmea de quatro anos, uma das moradoras de uma reserva onde vivem chimpanzés resgatados. O desafio é grande: a chimpanzé pode colocar ou tirar a câmera sempre que quiser e em pouco tempo destrói o colar. Quando as adaptações dão certo, nós finalmente conheceremos o lar nas alturas desses primatas.

Na Patagônia, Argentina, as câmeras mergulham com os pinguins, mostram como essas aves cuidam de seus filhotes e quais são suas peculiares estratégias de caça. A investigação também tem um objetivo de preservação da espécie: a mortalidade de filhotes está na casa dos 60% e os pesquisadores precisam saber o motivo.

Ainda no episódio de estreia, na África do Sul, os simpáticos suricatos levam as câmeras para suas tocas, local de interações completamente desconhecidas. Os pesquisadores que estudam esses mamíferos em miniatura por 25 anos ajudam a equipe a colocar colares com câmeras em uma das fêmeas e em um dos machos de uma família com 21 suricatos –  os dois pequeninos cinegrafistas finalmente revelam a extensão do mundo subterrâneo que habitam, suas câmaras e túneis. Filhotinhos com menos de um dia de vida são o bônus das imagens.

SERVIÇO

CÂMERA ANIMAL (Animals With Cameras)

Estreia: quinta-feira, 8 de abril, 22h30

Classificação indicativa: Livre

Redação do Diário Carioca

Equipe de jornalistas e colaboradores do jornal Diário Carioca. Profissionais de comunicação que trazem as informações mais importantes do Brasil e do Mundo