Diário Carioca Google News

Na terça-feira, 7 de setembro, os amantes do cinema tem uma programação especial no Circuito Estação Net de Cinema, com 7 pré estreias especiais sob medida.

Um Casal Inseparável, com Nathalia Dill, Marcos Veras, Totia Meireles e Sthepan Necessian
O Bom Doutor, uma comédia sutilmente francesa com Michel Blanc
De Volta para Casa, o mais recente filme de Wayne Wang
Cidadãos do Mundo, Gianni Di Gregorio (do aclamado Almoço em Agosto),
Aranha, de Andrés Wood (Violeta, Machuca), com Mercedes Morán;
o premiado Filho Mãe, uma das histórias mais impactantes do cinema Iraniano atual,
Suk Suk, uma história de amor sobre dois homens que se apaixonam pela primeira vez aos 70 anos.

PROGRAMAÇÃO

– UM CASAL INSEPARÁVEL de Sérgio Goldenberg
Com Nathalia Dill, Marcos Veras, Totia Meireles, Sthepan Necessian

Estação NET Gávea 1:  21h

Um Casal Inseparável aposta no gosto do brasileiro por comédias românticas e no carisma dos protagonistas vividos por Nathalia Dill e Marcos Veras. Dirigido por Sérgio Goldenberg (realizador de Bendito Fruto e roteirista de Por Toda Minha Vida, Força Tarefa e O Caçador), o longa ainda é estrelado por Stepan Nercessian, Totia Meirelles e Danni Suzuki.

O roteiro é assinado por Goldenberg e George Moura e mostra os altos e baixos da relação amorosa entre Manuela (Dill), uma professora de vôleo determinada e autoconfiante, e Léo (Veras), um pediatra carismático e sedutor. Os dois se apaixonam e passam a levar uma vida juntos, mas um desencontro acaba provocando uma separação. Em meio a brigas e momentos de nostalgia, e com a ajuda da manipuladora Esther (Totia Meirelles), mãe de Manuela, os dois vão descobrir porque são inseparáveis.

“De maneira leve e descontraída, tendo a Praia do Leme como cenário, o filme trata de diversos temas atuais e importantes, que fazem parte da vida de qualquer casal que acredita nessa incrível aventura que é o casamento. É um filme para sorrir e se emocionar, sair do cinema cantando”, afirma Goldenberg.

***

– O BOM DOUTOR (Docteur ?) de Tristán Séguela
Com Michel Blanc, Hakim Jemili
uma comédia saborosamente francesa

Estação NET Gávea 2: 19h
Estação NET Rio 3: 16h35

Na véspera de Natal, Serge é o único médico em serviço. Acidentalmente, ele dá um mau jeito nas costas e fica impossibilitado de fazer as consultas de urgência. Sem nenhum colega disponível para substituí-lo, é obrigado a pedir ajuda a um entregador da Uber Eats, que terá de assumir o papel de médico. Esta será a noite de Natal mais longa das suas vidas.

– CIDADÃOS DO MUNDO (Lontano Lontano), de Gianni Di Gregorio
Com Gianni Di Gregorio, Ennio Fantastichini

Estação NET Rio 4:  18h50
Estação NET Gávea 5: 18h55

Três amigos estão se sentindo bastante entediados e insatisfeitos onde moram, em Roma. Buscando uma grande mudança de cenário, eles decidem se aventurar no exterior para se mudar e encontrar um lugar novo e emocionante, seja onde for no mundo.

– Do diretor Gianni Di Gregorio de Almoço em Agosto e roteirista de Gomorra.

– DE VOLTA PARA CASA.(Coming Home Again)
dir: Wayne Wang (o cultuado diretor de Sem Fôlego, Cortina de Fumaça, Flor da Neve e o Leque Secreto entre outros
Com Justin Chon, Jackie Chung

Estação NET Rio 4: 16h30
Estação NET Gávea 4: 20h50

De Volta para Casa é baseado em um ensaio pessoal de Chang-rae Lee publicado no The New Yorker. O coreano-americano de primeira geração Chang-rae volta para sua casa em San Francisco para cuidar de sua mãe doente e encarar seu relacionamento conflituoso com sua mãe. Na tentativa de preparar um jantar tradicional coreano para a véspera de Ano Novo, ele acaba mexendo em velhas feridas e correndo o risco de abrir novas feridas.

– ARANHA (Aranã) de Andrés Wood (Machuca, Violeta)
Com Mercedes Morán, Felipe Armas

Estação NET Rio 5: 20h55
Estação NET Gávea 3: 20h55

Oito anos depois de sua abordagem biográfica da cantora e compositora chilena Violeta Parra, Andrés Wood retorna ao Cinema com Aranha, drama ficcional, mas fortemente galgado em fatos históricos que lida com os anos entre a eleição democrática de Salvador Allende para a presidência de seu país pelo Partido Socialista e o golpe de estado que o depôs em 1973, liderado por Augusto Pinochet. No entanto, no lugar de posicionar sua obra como uma visão dos meandros políticos de alto escalão que levaram à ditadura que duraria até 1990, Wood, com base em roteiro de Guillermo Calderón, entrega um recorte muito interessante e corajoso no que exige do espectador. Riter Fan / plano critico

Mercedes Morán comprova uma vez mais a capacidade de transitar entre as mais distintas figuras femininas (fortes ou frágeis, sonhadoras ou pragmáticas) sem mudar a voz, nem transformar radicalmente o corpo. Ela poderia se tornar uma vilã arquetípica nas mãos de atrizes menos calibradas, porém a grande intérprete evita a antipatia do público. Papo de Cinema

– FILHO-MÃE  (Pesar-Madar) de Mahnaz Mohammadi
Com Raha Khodayari, Mahan Nasiri

Estação NET Botafogo 1: 18h35
Estação NET Gávea 2: 17h

Leila é uma mãe solteira que trabalha duro para sustentar seus dois filhos no Irã em crise. Ela tem a oportunidade de melhorar sua vida financeira, caso aceite o pedido de casamento de Kazem. O problema é que, para se casar, ele exige que ela envie seu filho Amir para longe, pois ele tem uma filha e a tradição desaprova uma jovem compartilhando a casa com seu meio-irmão. Quando Leila é demitida, ela decide aceitar o pedido de casamento. Ela deixa Amir sob os cuidados de um internato, até encontrar uma solução para trazê-lo de volta para casa.

– Parte da seleção oficial do Festival de Toronto 2019

“Uma das histórias mais impactantes do cinema Iraniano atual.”  HOLLYWOOD REPORTER

“Um reflexo gritante do lugar das mulheres na sociedade iraniana” HIGH ON FILMS

– SUK SUK Um amor em segredo (Suk Suk)
de Ray Yeung
Com Tai-Bo, Ben Yuen, Lo Chun Yip

Estação NET Gávea 1: 18h55
Estação NET Rio 3: 18h55

Uma história de amor sobre dois homens que se apaixonam pela primeira vez aos 70 anos. No entanto, o filme retrata os dilemas que esses personagens enfrentam e as lutas que enfrentam sem julgar suas escolhas. A história mostra o carinho e o amor que recebem de suas famílias e por que é difícil para eles ser quem realmente desejam ser.

/ Pak e Hoi são exemplos de patriarcas zelosos por suas famílias, que se encontram por acaso em Hong Kong e se apaixonam. “Suk Suk” explora esse romance de maneira terna e sensível.
Por Chen Yun-hua (陈韵华)

O diretor Ray Yeung, nascido em Hong Kong, apresenta na Berlinale o longa Suk Suk, um filme sobre o amor tardio entre dois homens com idade para serem avôs. No dia a dia, eles se sentem rejeitados pela sociedade, mas, mesmo assim, tomam a liberdade de se entregar ao romance e ao amor. É um filme sobre o direito de amar em idade avançada.

Ray Yeung, você conhece o livro de Travis Kong “Histórias orais de homens gays idosos em Hong Kong”. Como chegou a seu filme?

– Travis Kong é um amigo meu. Seu livro contém entrevistas de homens homossexuais entre 60 e 80 anos – esse assunto nunca tinha sido tema de um filme antes. Eu me encontrei com alguns deles, o que me levou ao grupo de apoio “Gay and Grey” (gay e grisalho). O roteiro é uma mistura baseada em conversas com eles e em minha própria imaginação.

Amor entre pessoas mais velhas do mesmo sexo nunca tinha sido mostrado antes em cinema de língua chinesa. Por quê?

– A cultura chinesa geralmente não concede nenhuma sexualidade às pessoas maduras. Ter esses desejos é considerado anormal, especialmente para mulheres mais velhas, que na visão geral devem cuidar de suas famílias e só. Acho que essa é uma questão realmente urgente. / goethe.de

Serviço:

Circuito Estação NET de Cinema

Filmes de bilheteria, premières e festivais em cinemas locais com cafés, lojas e exposições de arte.

Localizado em: Shopping da Gávea

Endereço: Shopping da Gávea – R. Marquês de São Vicente, 52 – Gávea, Rio de Janeiro – RJ, 22451-040

Telefone(21) 3875-3011

Redação do Diário Carioca

Equipe de jornalistas e colaboradores do jornal Diário Carioca. Profissionais de comunicação que trazem as informações mais importantes do Brasil e do Mundo

Deixe um comentário

Deixe uma resposta