- Publicidade -

Como aproveitar, ou não, a Black Friday

- Publicidade -

Por Ricardo Hiraki Maila – Black Friday sem dúvidas é um estímulo imenso para o consumo. É uma sexta-feira que mexe com os nervos dos brasileiros que possuem cartão de crédito, dinheiro parado na conta, cheque especial e crédito no mercado.

Será mesmo que você deve comprar nessa data? Se sim, como aproveitar melhor as oportunidades? E se não, como analisar e se preparar de maneira saudável para uma próxima.

- Advertisement -

1.Antes de tudo: como está seu orçamento?

Não adianta querer comprar sem antes saber se pode comprar. A regra básica é: faça uma análise de suas receitas, contas fixas, variáveis, se você tem dívidas e investimentos. Está fechando o mês no vermelho? Não investe? Tem dívidas? Se sua resposta foi sim para uma dessas perguntas: não é momento de comprar.

A sua prioridade deve ser sempre, seguindo essa ordem:

1) Quitar dívidas

2) Controlar Orçamento

3) Investir

4) Investir mais e abrir possibilidade para aumento de gastos variáveis (sem abusar).

2.É realmente necessário você comprar?

Pode ser que você esteja querendo comprar porquê o preço do produto está mais atrativo e não por necessidade. Você deve usar datas e descontos como aliados do seu orçamento e não inimigos. Uma dívida pode nascer com a união de: preço atrativo + sua vontade de comprar.

“Mas no meu caso, é um item necessário”

Bom, aqui já temos um cenário diferente. Se você está com o orçamento equilibrado e precisa comprar este produto, aproveite a data – com cautela – e planeje em seu orçamento.

  1. a) Comece a pesquisar o item semanas antes e veja se o preço na data da Black Friday realmente estará com desconto ou não passa do famosa “metade do dobro”.
  2. b) Use comparadores de preços como o Buscapé.
  3. c) Compre de lojas confiáveis. Temos grandes varejistas no Brasil que levam a Black Friday a sério, é o caso de: Magazine Luiza, Grupo B2W (Americanas, Submarino, Shoptime e Sou Barato), Amazon, Mobly, etc.
  1. d) Se for comprar online, ative seu Cashback com Méliuz e / ou Ame Digital.
  2. e) Se for em lojas físicas, prepare-se para barganhar mais ainda e peça descontos à vista. Insista no desconto. Chame o gerente também – principalmente das redes grandes.
  3. Esse ano não posso comprar, como me preparo para a próxima?

A começar pelo mais crítico: reequilibre suas contas, pague suas dívidas e mude seu hábito de consumo;

Essas datas estimulam consumo e para quem tem dívidas, tudo isso pode virar uma bola de neve e te dar uma bela dor de cabeça futura, portanto, tenha paciência e disciplina.

Mudou seu hábito de consumo e pagou suas dívidas? Comece a investir.

Depois disso será natural para você aproveitar uma Black Friday – planejada antecipadamente – comprando itens necessários, e não pela simples “vontade de comprar”.

Por fim, vale o reforço: datas como a Black Friday devem ser planejadas em seu orçamento e não podem servir de gatilho para você se enrolar com suas finanças.

Sobre Ricardo Hiraki Maila – Administrador, pós-graduado em gestão financeira pela FGV e pós-graduado em gestão de negócios pelo Mackenzie. Trabalhou por mais de cinco anos como diretor de planejamento e financeiro de um grande grupo do Brasil. Fundou a Plano Consultoria há dois anos, empresa de consultoria de finanças pessoais, que hoje conta com 15 colaboradores.

- Publicidade -
- Publicidade -

Falando Nisso...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Porno Gratuit Porno Français Adulte XXX Brazzers Porn College Girls Film érotique Hard Porn Inceste Famille Porno Japonais Asiatique Jeunes Filles Porno Latin Brown Femmes Porn Mobile Porn Russe Porn Stars Porno Arabe Turc Porno caché Porno de qualité HD Porno Gratuit Porno Mature de Milf Porno Noir Regarder Porn Relations Lesbiennes Secrétaire de Bureau Porn Sexe en Groupe Sexe Gay Sexe Oral Vidéo Amateur Vidéo Anal