Diário Carioca Google News

Jogadora do Corinthians e da Seleção Feminina defende que as aulas servem para compreender o ponto de vista do treinador

Craque nos gramados e no ensino a distância, Tamires, lateral do Corinthians e da Seleção Feminina, dedicou parte de seu tempo fora das quatro linhas para participar do primeiro curso da Escola de Futebol Feminino, da CBF Academy. Intitulado de Características do Treinamento no Futebol Feminino do Brasil, o curso, em formato online, traz conteúdo voltado para as comissões técnicas e demais interessados.

Ao site da CBF, Tamires revelou o motivo que a fez participar das aulas, além de comentar a importância de se olhar outras opiniões dentro do esporte.

“O meu interesse em fazer parte dessa turma vem da vontade de sempre aprender coisas novas, buscar formas de aprimorar o meu trabalho e ajudar no desempenho em campo. Durante as aulas vou absorvendo as informações, buscando as lições que vão me colocar mais preparada no dia a dia. É legal entender com mais profundidade a perspectiva de um profissional da comissão técnica, de onde parte o olhar deles na hora de passar as instruções pra gente. E nesse cenário que vivemos, o contato online é uma alternativa prática e segura,” revelou a multicampeã com a Seleção.

A CBF Academy tem trabalhado arduamente em prol do desenvolvimento da modalidade. E o curso, que se encerrou nesta semana, é uma resposta para isso. O objetivo é promover um movimento de transformação na formação de atletas e das comissões técnicas envolvidas. Além de também atuar como um motivador para quem deseja começar a trabalhar na área do esporte.

Na aula inaugural, a técnica da Seleção Feminina, Pia Sundhage, ministrou sobre os Contextos e Perspectivas do Futebol Feminino no Mundo. Desde então, Tamires tem incorporado alguns ensinamentos em sua rotina.

“A palavra “grit”, persistência e garra. Eu acordo e vou dormir pensando”, disse.

Esta foi apenas a primeira iniciativa da Escola de Futebol Feminino, mas já no debute demonstrou que será o caminho para se pensar projetos dentro da CBF Academy para a categoria. Para a lateral esquerda de 32 anos, esse tipo de curso serve como uma oportunidade de aprimorar os conhecimentos e tornar o atleta capaz de compreender como funciona a mente do treinador e, assim, aplicar essa consciência no treino e nas partidas. Tamires também aproveitou para avaliar a atuação da Confederação Brasileira de Futebol.

“Iniciativas da CBF voltadas para o futebol feminino são importantes e agregam no desenvolvimento da modalidade. Criar esses espaços onde os profissionais envolvidos com o futebol podem acessar mais informações, trocar experiências e adquirir mais conhecimento, é uma forma de contribuir e influenciar esse processo. Porque são esses profissionais que vão formar, preparar, treinar as atletas da atual, e da próxima geração,” opinou.

Mais Noticias

Equipe de jornalistas e colaboradores do jornal Diário Carioca. Profissionais de comunicação que trazem as informações mais importantes do Brasil e do Mundo