Diário Carioca Google News


Jessika Alves vive a vilã Shakia em Gênesis, no ar na Record TV. A atriz falou sobre este novo desafio na carreira e deu detalhes da personagem. “Shakia é uma vilã, mas eu não gosto muito desse estereótipo de colocar em caixinhas, porque ela ressignificou o que aconteceu com ela de uma forma não positiva e chegou em uma vingança”, explicou. 

“Ela passa a fase inteira em busca desse objetivo, essa vingança é o que move ela, através das pessoas que a magoaram profundamente. Ela não tem família, então, foi criada dentro do castelo e foi treinada para ser uma das sacerdotisas. A personagem acaba descobrindo que todo mundo mentiu pra ela a vida inteira e é isso que desenvolve o sentimento de vingança e ódio”, completou. 

Jessika ainda disse que, por ser a primeira vez que atua em um papel desse tipo, ela teve de descobrir aspectos próprios que nunca tinha conhecido antes: “Eu tive que entender de onde vem essa mágoa e você acaba encontrando a Shakia que tem dentro de você. Acho que todo mundo já passou por alguma mágoa. É muito de como cada pessoa ressignifica esse sentimento, que pode torná-la rancorosa e vingativa ou mais madura e mais forte”. 

Contudo, a artista falou que o desafio foi a melhor parte do trabalho, tanto pessoal, como profissionalmente. Jessika entregou que, por isso, desenvolveu uma potência dentro de si. “Isso desenvolve também a nossa empatia. Porque eu não tenho nenhum ódio como ela tem assim. Consigo entender tudo o que ela faz, acho que não precisava ser assim, tão radical”, avaliou 

Shakia, que faz parte da atual fase, Ur dos Caldeus, é uma personagem forte, que aprendeu a ler, escrever e se defender. Caso ela existisse nos dias de hoje, Jessika a veria como uma mulher privilegiada: “Talvez, por isso, ela tenha muita convicção do que quer. Ela tem uma força e não se abala perante a homem nenhum. Inclusive, as pessoas com quem ela se alia são homens e ela comanda todo mundo, ela dita as regras e os planos. Ela é muito inteligente e articulada. Eu acredito que ela seja uma mulher um pouco à frente de seu tempo”, disse.  

“Gênesis” vai ao ar de segunda a sexta, às 21 horas, logo após o Jornal da Record. Com reapresentação dos melhores momentos aos sábados também às 21 horas. A novela é escrita por Camilo Pellegrini, Raphaela Castro e Stephanie Ribeiro, com direção-geral de Edgard Miranda.       

Programa recomendado para maiores de 14 anos   

Newsletter

Mais Noticias

Redação do Diário Carioca

Equipe de jornalistas e colaboradores do jornal Diário Carioca. Profissionais de comunicação que trazem as informações mais importantes do Brasil e do Mundo