Diário Carioca Google News

em-niteroi,-dose-de-reforco-da-vacina-contra-a-covid-19-comeca-a-ser-aplicada-nesta-sexta-feira

O município de Niterói, na região metropolitana do Rio, iniciará a aplicação da 3° dose da vacina contra a covid-19 em idosos nesta sexta-feira (27). De acordo com o comunicado da prefeitura nas redes sociais, o processo de reforço da imunização começará em Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIs) da cidade.

Segundo a prefeitura, Niterói conta hoje com 76% dos habitantes vacinados com ao menos uma dose. Desde segunda-feira (23), o município está vacinando pessoas de 17 anos ou mais. A partir de amanhã, adolescentes de 16 anos serão incluídos no calendário que segue de forma progressiva até atingir jovens de 12 anos – idade mínima para receber a vacina contra a covid-19. 

Nova Diretriz

O anúncio do reforço à imunização em Niterói ocorre logo após o Ministério da Saúde informar, nesta quarta-feira (25), que a terceira dose da vacina contra a covid-19 será oferecida no Brasil. De acordo com o órgão, o reforço será feito em todos os idosos acima de 70 anos e imunossuprimidos, ou seja, pessoas com câncer, HIV, transplantados e com o sistema imune fragilizado, a partir da segunda quinzena de setembro.

Leia mais: No Rio, oito municípios estão com 100% dos leitos de UTI para covid-19 ocupados

De acordo com a orientação do Ministério da Saúde, o reforço vale para quem tomou qualquer vacina usada na campanha nacional de vacinação contra a covid-19 e será realizado, preferencialmente, com uma dose da Pfizer/BioNTech. Na falta desse imunizante, a alternativa deverá ser feita com as vacinas de vetor viral, Janssen ou Astazeneca.

Além do reforço na imunização, o Ministério da Saúde anunciou ainda a redução do intervalo entre as doses da Pfizer e Astrazeneca de 12 para oito semanas. A previsão é que essa atualização também seja feita a partir da segunda quinzena de setembro.

Estudos

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) tem solicitado informações aos fabricantes das vacinas sobre o andamento dos estudos relativos a doses de reforço ou revacinação do imunizante. 

Leia mais: Dois dias após o Rio, Niterói determina vacinação obrigatória para servidores municipais

Na última terça-feira (24), a agência fez o pedido à Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e ainda nesta semana está prevista uma reunião com a Janssen-Cilag. Na semana passada, o órgão realizou um encontro com a Pfizer para solicitação semelhante de dados sobre se será necessária a aplicação de doses adicionais da sua vacina e quando isso aconteceria.


 

Edição: Jaqueline Deister


Brasil de Fato

Agência Brasil de Fato traz notícias do Brasil e do mundo, a partir de uma visão popular. Notícias, entrevistas e artigos de opinião