Diário Carioca Google News

Na última segunda-feira (16), representantes do grupo especial das escolas de samba do Rio de Janeiro fizeram nova discussão sobre o carnaval do próximo ano e concordaram com a proposta de que os desfiles devem acontecer em julho. 

Leia também: Escolas de samba do Rio anunciam oficialmente adiamento do carnaval em 2021

A tendência é que a escolha da data seja acertada com outras cidades que também tiveram seus carnavais adiados, como São Paulo e Salvador. Para que o planejamento dê certo, a Liga Independente das Escolas de Samba (Liesa) espera que um projeto de lei federal seja aprovado criando um feriadão entre 8 e 11 de julho – as datas caem entre quinta-feira e domingo. 

Segundo o presidente da Liesa, Jorge Castanheira, disse à imprensa, o martelo ainda não foi batido e depende da disponibilização de uma vacina contra a covid-19. Mas as agremiações já podem começar a se preparar. 

“Estamos ouvindo a Fiocruz [Fundação Oswaldo Cruz], a UFRJ [Universidade Federal do Rio de Janeiro], e trabalhando com com base nas informações que estamos obtendo. A intenção é nos anteciparmos e pensarmos desde agora na possibilidade de fazer o desfile, mas tendo a vacina e um calendário de imunização”, completou.

Edição: Mariana Pitasse


Mais Noticias

Agência Brasil de Fato traz notícias do Brasil e do mundo, a partir de uma visão popular. Notícias, entrevistas e artigos de opinião