Luís Freire deixa o Nacional e é a 12ª demissão da temporada na I Liga

Luís Freire (Luís Freire) deixou hoje o comando técnico da equipe do Nacional depois de perder seis seguidas consecutivas. O ex-técnico da equipa que está atualmente na 15ª posição da Liga Portuguesa de Futebol é a 12ª demissão da edição 2020/21


Freire, de 35 anos, havia sido contratado na temporada passada e conseguiu conduzir o Nacional à primeira posição da tabela na I Liga quando esta foi interrompida por causa da pandemia de covid19.

Sua demissão aconteceu após queda do time na tabela e seis derrotas seguidas que o deixaram na 15ª colocação, com 21 pontos, com a última derrota frente ao Gil Vicente por 2-0. A I Liga segue a todo vapor e é uma ótima oportunidade para quem gosta de assistir e apostar em futebol ao vivo

Outras demissões da temporada 

No dia 8 de março, Jorge Silas foi a 11ª demissão da temporada, a deixar a orientação técnica do Famalicão, depois de apenas seis à frente da atual equipe, que é o atual 17º e penúltimo lugar na I Liga de Futebol. Em dois anúncios feitos quase ao mesmo tempo, Famalicão disse ter chegado a um acordo para a saída do treinador, mas também encontrou um sucessor, a ser Ivo Vieira a escolha. Aliás, este havia deixado já o Saudi Al Wehda em fevereiro.

No mesmo dia à saída de Silas, aos 22, o Marítimo despediu o treinador Milton Mendes, que substituiu Lito Vidigal na oitava jornada. Após 14 jornadas como técnico interino, Milton Mendes, que deixou a equipa na última posição do campeonato, foi substituído pelo espanhol Julio Velázquez, que treinou os Belenenses, entre 2015 e 2016 e o Vitória de Setúbal, em 2019/20, a marcar seu regresso ao futebol português a seguir.

Antes de tomar posse, Milton Mendes treinou os sub-23 insulares. Sua saída foi seguida à de Sérgio Vieira, que foi demitido do Farense em 01 de fevereiro, sendo rendido por Jorge Costa. No mesmo dia, devido aos resultados ruins, João Pedro Sousa deixou o Famalicão e foi posteriormente rendido por Jorge Silas.

No início do ano, a 2 de Janeiro, César Peixoto deixou o Moreirense apenas dois meses depois de ter assumido a equipa. O próprio treinador de 40 anos pediu a retirada, tendo sido rendido por Ricardo Soares.

Mudança de treinadores na I Liga de futebol 2020/21:

Jornada ClubeSaiEntra
3.ª Vitória de GuimarãesTiago MendesJoão Henriques
6.ª MoreirenseRicardo Soares (a)César Peixoto
7.ª Gil VicenteRui AlmeidaRicardo Soares
8.ª MarítimoLito VidigalMilton Mendes (b)
9.ª BoavistaVasco SeabraJesualdo Ferreira
11.ª Rio AveMário SilvaPedro Cunha (b)
11.ª MoreirenseCésar PeixotoVasco Seabra
15.ª Rio AvePedro CunhaMiguel Cardoso
16.ª Famalicão João PedroSousa Silas
16.ª FarenseSérgio VieiraJorge Costa
22.ª MarítimoMilton MendesJúlio Velasquez
22.ª FamalicãoSilasIvo Vieira
24.ª NacionalLuís FreireA designar
  1. – Saiu após a sétima jornada, mas com um jogo em atraso.
  2. Técnico interino

Redação do Diário Carioca

Equipe de jornalistas e colaboradores do jornal Diário Carioca. Profissionais de comunicação que trazem as informações mais importantes do Brasil e do Mundo

Deixe um comentário

Comentários