21.6 C
Rio de Janeiro
sexta-feira, novembro 20, 2020
- Publicidade -

Fortaleza vence Clássico-Rei outra vez e garante título cearense

- Publicidade -
- Publicidade -

O Fortaleza é bicampeão cearense. Nesta quarta-feira (21), o Leão do Pici venceu o Ceará por 1 a 0 na Arena Castelão, com gol do lateral Tinga, conquistando o título estadual pela 43ª vez na história.

O Fortaleza é bicampeão estadual. A 43ª taça vai pro Parque dos Campeonatos. ??#Bicampeão #FortalezaEC pic.twitter.com/Odan6E44Oe

— Fortaleza EC ⭐️ (@FortalezaEC) October 22, 2020

O time comandado por Rogério Ceni foi a campo com a vantagem de ter vencido a partida de ida, no último dia 30, por 2 a 1. O Tricolor poderia até perder por dois gols de diferença que levaria o título. Ao Ceará de Guto Ferreira, só uma vitória por dois gols ou mais serviria. Mesmo que o Alvinegro igualasse o placar agregado, em caso de triunfo por um gol, o rival ficaria com a taça, por ter campanha melhor.

A primeira etapa foi movimentada, com quase tudo que se espera de um clássico decisivo. Claro, com a ressalva de vivermos a pandemia do novo coronavírus (covid-19). Ou seja, sem público. Equilíbrio? Teve. Discussão? Também, com direito a cartão amarelo para um atleta do Fortaleza que nem em campo estava: o meia Mariano Vázquez saiu do banco para discutir com o lateral Eduardo, do Ceará, e foi punido.

O que não teve foi gol, mas não por falta de oportunidade. Principalmente do Vozão, que acertou duas bolas na trave. Primeiro com o meia Vina, depois com o atacante Rafael Sóbis. A melhor chance do Leão foi travada com precisão pelo zagueiro Luiz Otávio, que cortou um cruzamento do atacante Romarinho e impediu que o também atacante David recebesse a bola sem goleiro, e quase debaixo do travessão.

Precisando de dois gols, o Ceará intensificou a pressão no segundo tempo, mas pecou na conclusão das jogadas. Na máxima do “quem não faz, toma”, o Fortaleza abriu o placar aos 15 minutos, com Tinga, em lance de bate-rebate, após cruzamento do atacante Yuri César. O gol foi uma ducha de água fria no Alvinegro, que não conseguiu mais agredir o rival e ainda perdeu o meia Leandro Carvalho expulso antes do apito final.

O Fortaleza passa a se preocupar com a Copa do Brasil. No próximo domingo (25), o Leão visita o São Paulo às 20h30 (horário de Brasília), no jogo de volta do confronto das oitavas de final. Um dia antes, às 19h, o Ceará vai a campo pela Série A do Campeonato Brasileiro contra o Coritiba, pela 18ª rodada da competição.

- Publicidade -

Veja Também

Últimas Notícias

- Publicidade -

Boletim Carioca

Assine nossa Newsletter e receba as últimas notícias e ofertas de nossos parceiros em seu email

Horóscopo do dia 20 de novembro de 2020

Confira a previsão do horóscopo do dia 20 de novembro de 2020 e fique por dentro de tudo o que o seu signo lhe reserva para o amor, dinheiro e saúde.

Alerj obriga hospitais e maternidades a divulgarem Lei das Doulas

O texto seguirá para o governador em exercício, Cláudio Castro, que terá até 15 dias úteis para sancioná-lo ou vetá-lo.

Alerj regulamenta cancelamento presencial e virtual de contratos de produtos ou serviços

Os consumidores poderão efetuar o cancelamento de contratos de fornecimento de produtos ou serviços nas lojas físicas ou por...

Smithsonian Channel produz série sobre os vikings em formato inovador

O Smithsonian Channel aprovou a produção de uma série que promete abordar a cultura viking de forma inovadora. O...

Homem negro morre após ser espancado na unidade do Carrefour em Porto Alegre

Um homem negro foi espancado e morreu em decorrência das...

No Curta!, documentário mostra arte e a técnica do icônico arquiteto brasileiro Vilanova Artigas

Considerado um dos maiores arquitetos brasileiros do século XX, o curitibano João Batista Vilanova Artigas (1915-1985), mais conhecido como Vilanova...

Em 72 anos, SP elegeu apenas seis vereadoras negras; quatro delas em 2020

Em sua 18 º Legislatura, a Câmara Municipal de São Paulo terá...
- Publicidade -