O velocista Bruno Fratus atingiu, neste sábado (10.04), o índice olímpico para a prova de 50m livre da natação. Com a marca de 21s80, o nadador brasileiro foi o campeão da etapa de Mission Viejo, na Califórnia, do TYR Pro Swim Series.

Na eliminatória realizada na sexta-feira, o integrante da categoria Pódio, a principal do programa Bolsa Atleta do Governo Federal, já havia nadado abaixo do índice olímpico (22s01). Na ocasião, Fratus nadou para 21s73 – melhor tempo nas eliminatórias e lugar garantido na disputa decisiva e que valeria como seletiva do atleta para os Jogos Olímpicos de Tóquio.

Foto: Satiro Sodré/rededoesporte.gov.br

Na raia 4, ao lado de Michael Andrew e Caleb Dressel, Fratus fez um belo final de prova para completar os 50m em 21s80, abaixo do índice olímpico. Fratus é o primeiro nadador brasileiro a obter uma marca válida para os Jogos Olímpicos de Tóquio. Ele, agora, aguarda a Seletiva Olímpica Brasileira de Natação, marcada para os dias 19 a 24 de abril, no Parque Aquático Maria Lenk, para confirmar ou não seu nome nesta vaga nos Jogos Olímpicos.
A Seletiva Olímpica Brasileira de Natação definirá os nomes dos atletas brasileiros que irão aos Jogos de Tóquio. Até o momento, o Brasil está classificado nos revezamentos masculinos: 4 x 100m livre, 4 x 200m livre e 4 x 100m medley.
Nas provas individuais, estarão classificados os campeões e vice-campeões de cada prova, desde que obtenham o índice A estabelecido pela Federação Internacional de Natação. Valerão apenas os índices feitos na Final A.
Na última semana, a CBDA divulgou o start lista da competição, que terá 103 atletas de 17 clubes. Em função da pandemia da COVID-19, um salvo-conduto foi criado e aprovado pela Fina para atletas que sejam infectados pelo vírus.

Fonte: Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos

Equipe de jornalistas e colaboradores do jornal Diário Carioca. Profissionais de comunicação que trazem as informações mais importantes do Brasil e do Mundo