WSL Latin America anuncia mudanças nas datas de dois eventos do segundo semestre de 2022

Saquarema Surf Festival é transferido de setembro para outubro

Redacao
Redacao
Leia em 7 Min
Yago Dora e Sophia Medina venceram os títulos do QS de Saquarema em 2021 (Crédito: Tony D´Andrea / Saquarema Festival)
Yago Dora e Sophia Medina venceram os títulos do QS de Saquarema em 2021 (Crédito: Tony D´Andrea / Saquarema Festival)

Florianópolis, Santa Catarina (Quinta-feira, 4 de agosto) – O escritório da World Surf League (WSL) na América Latina anuncia mudanças nas datas de dois eventos marcados para o segundo semestre deste ano. O Saquarema Surf Festival foi transferido dos dias 19 a 25 de setembro para 17 a 23 de outubro na Capital Nacional do Surf da Região dos Lagos do Rio de Janeiro. E o Punta Rocas Open Pro, que aconteceria nos dias 25 a 30 de outubro, foi adiado para 15 a 20 de novembro no Peru. Já os outros três eventos da WSL Latin America programados para o segundo semestre, seguem com suas datas originais.

Os primeiros acontecem neste mês, em duas semanas seguidas. A próxima etapa é o Arica Pro Tour, que vai promover o primeiro QS 5000 da temporada 2022/2023 na América do Sul, nos dias 15 a 21 de agosto no Chile. Somente os homens vão competir nos pesados tubos de El Gringo e os 5.000 pontos poderão provocar grandes mudanças na batalha pelas vagas para o Challenger Series de 2023. Os rankings regionais da WSL Latin America, vão indicar 10 homens e 4 mulheres para o circuito de acesso para a elite do World Surf League Championship Tour.

Na semana seguinte, de 25 a 28 de agosto, o Circuito Banco do Brasil de Surfe define seus campeões na Praia de Itamambuca, em Ubatuba, litoral norte de São Paulo. O evento promovido pelo Banco do Brasil com o objetivo de descobrir novos talentos no surfe brasileiro, foi iniciado em Garopaba (SC) e já passou por Salvador (BA). Os vencedores dos rankings masculino e feminino, computando os pontos das três etapas, ganharão convites (wildcards) para participar do único WSL Challenger Series na América Latina, o Corona Saquarema Pro apresentado pelo Banco do Brasil nos dias 1 a 8 de novembro na Praia de Itaúna.

ETAPAS ADIADAS – O motivo do adiamento do Saquarema Surf Festival para os dias 17 a 23 de outubro, foi para evitar o choque de datas com o ISA World Surfing Games, que foi confirmado pela International Surfing Association, para a mesma semana do evento promovido pela 213 Sports, em homenagem ao bicampeão brasileiro Leo Neves em Saquarema. Esse Mundial da ISA inaugura o ciclo olímpico para os Jogos da França 2024, com o país campeão nas categorias masculina e feminina, ganhando uma terceira vaga em suas equipes de surfe.

Assim, os surfistas classificados para o ISA Games, poderão representar seus países sem perder a oportunidade de competir no Saquarema Surf Festival, que será o único evento da World Surf League no mundo em 2022, a realizar etapas do QS 5000, Pro Junior e Longboard, todas combinadas com as categorias masculina e feminina e com o princípio da igualdade na premiação para homens e mulheres. Os 5.000 pontos em jogo na Praia de Itaúna, serão decisivos na disputa pelas vagas para o WSL Challenger Series de 2023. 

Os rankings regionais da temporada 2022/2023 da WSL Latin America, computarão os pontos das etapas do Qualifying Series realizadas até o mês de abril do ano que vem. No Saquarema Surf Festival, também serão disputadas competições do Longboard e do Pro Junior, para surfistas com até 21 anos de idade, valendo pontos nos rankings classificatórios para os mundiais das categorias e para definir os campeões sul-americanos de 2022.

A decisão destes títulos vai acontecer no Punta Rocas Open Pro, nas ondas de Punta Rocas, em Punta Negra. Com a mudança da data para os dias 15 a 20 de novembro, essa nova etapa do Peru passa a fechar o calendário de eventos da WSL Latin America em 2022. O último era o único WSL Challenger Series da América do Sul, o Corona Saquarema Pro apresentado pelo Banco do Brasil nos dias 1 a 8 de novembro na Praia de Itaúna. O Punta Rocas Open Pro vai realizar etapas masculina e feminina do QS 1000, Pro Junior e Longboard.

ÚLTIMOS EVENTOS DA WSL LATIN AMERICA EM 2022:

Ago 15-21: Arica Pro Tour – QS 5000 em El Gringo, Arica – Chile
Ago 25-28: Circuito Banco do Brasil de Surfe – QS 1000 na Praia de Itamambuca, Ubatuba (SP)
Out 17-23: Saquarema Surf Festival – QS 5000, Pro Junior e Longboard na Praia de Itaúna, Saquarema (RJ)
Nov 01-08: Corona Saquarema Pro apresentado pelo Banco do Brasil – Challenger Series na Praia de Itaúna, Saquarema (RJ)
Nov 15-20: Punta Rocas Open Pro – QS 1000, Pro Junior e Longboard em Punta Rocas, Punta Negra – Peru

TOP-10 DO RANKING 2022/2023 DA WSL LATIN AMERICA – após 6 etapas:
01: Miguel Tudela (PER) – 4.000 pontos
02: Gabriel André (BRA) – 3.175
03: José Gundesen (ARG) – 2.895
04: Ryan Kainalo (BRA) – 2.745
05: Heitor Mueller (BRA) – 2.645
06: Weslley Dantas (BRA) – 2.391
07: Santiago Muniz (ARG) – 2.300
08: Igor Moraes (BRA) – 2.068
09: Lucas Vicente (BRA) – 2.055
10: Krystian Kymerson (BRA) – 1.710
—-clique aqui para acessar o ranking completo

TOP-10 DO RANKING 2022/2023 DA WSL LATIN AMERICA:
01: Sol Aguirre (PER) – 4.500 pontos
02: Dominic Barona (ECU) – 3.475
03: Arena Rodriguez Vargas (PER) – 3.290
04: Tainá Hinckel (BRA) – 3.245
05: Isabelle Nalu (BRA) – 3.125
06: Silvana Lima (BRA) – 2.946
07: Melanie Giunta (PER) – 2.923
08: Daniella Rosas (PER) – 2.450
09: Genesis Garcia (ECU) – 2.423
10: Kiany Hyakutake (BRA) – 2.240
—-clique aqui para acessar o ranking completo

CIRCUITO BANCO DO BRASIL DE SURFE:

TOP-5 DO RANKING MASCULINO – 2 etapas:
1.o: Heitor Mueller (SC) – 1.200 pontos
2.o: Gabriel Klaussner (SP) – 1.150
3.o: Messias Felix (CE) – 1.095
4.o: Santiago Muniz (SC) – 1.000
5.o: Krystian Kymerson (ES) – 860

TOP-5 DO RANKING FEMININO – 2 etapas:
1.a: Silvana Lima (CE) – 1.650 pontos
1.a: Tainá Hinckel (SC) – 1.650
3.a: Kemily Sampaio (SP) – 1.150
4.a: Julia Santos (SP) – 1.000
5.a: Juliana dos Santos (CE) – 850

Compartilhe
Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.