Diário Carioca Google News

familia-de-uma-das-vitimas-do-desabamento-da-ciclovia-tim-maia-recebera-indenizacao

Cinco anos após o desabamento da Ciclovia Tim Maia, em São Conrado, na zona Sul do Rio de Janeiro, a família de uma das vítimas será indenizada em mais de R$ 1,3 milhão. A decisão da 18ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio é destinada à família de Eduardo Marinho de Albuquerque, de 54 anos, que morreu na queda.

Leia também: “Serviço público vai ser destruído”, apontam trabalhadores em protesto a contra PEC 32 no Rio

Em 2016, um trecho da ciclovia desabou, três meses após a inauguração, deixando dois mortos. Eduardo foi um deles, a outra vítima foi Ronaldo Severino da Silva, de 60 anos.

A indenização deverá ser paga pelo Consórcio Contemat-Concrejato, das empreiteiras responsáveis pela construção da ciclovia. O valor será divido entre a companheira, o filho, os pais e os irmãos da vítima.

Segundo informações do portal G1, a companheira e o filho da vítima receberão, cada um, R$ 330 mil. O valor equivale a 300 salários mínimos. Para os pais do engenheiro, os réus terão que pagar, a cada um deles, R$ 165 mil, correspondente a 150 salários mínimos. Os três irmãos de Marinho também serão indenizados no valor de R$110 mil cada um – equivalente a 100 salários mínimos.

Além da indenização, as empresas deverão pagar pensão alimentícia para a companheira de Eduardo até que ela complete 76 anos e para o filho dele até a idade de 25 anos. O valor será fixado com base nos rendimentos da vítima.

Histórico

Atualmente com dois trechos interditados, a ciclovia Tim Maia passará por reformas que podem custar à Prefeitura cerca de R$ 9,4 milhões. Segundo a Secretaria de Infraestrutura, dois reparos estão previstos: a recomposição do guarda-corpo, alvo de constantes furtos, e do tabuleiro do trecho atingido em 2019. 

Desde sua inauguração em 2016, ano das Olimpíadas no Rio, a ciclovia Tim Maia acumula números amargos: foram quatro quedas e duas mortes. Na primeira delas, três meses após abrir ao público, parte da estrutura não resistiu à ressaca do mar e desabou, deixando duas vítimas.

Edição: Mariana Pitasse


Brasil de Fato

Agência Brasil de Fato traz notícias do Brasil e do mundo, a partir de uma visão popular. Notícias, entrevistas e artigos de opinião