Diário Carioca Google News

Nesta quinta-feira, dia 22, o projeto Favela Mundo abre 700 vagas para oficinas de artes destinadas aos moradores das comunidades do Jacarezinho, Cidade de Deus e Caju. As aulas serão presenciais e as inscrições poderão ser feitas para turmas de Teatro, Hip Hop, Musicalização, Violão, Jazz, Danças Brasileiras e Violão. O projeto social Favela Mundo é patrocinado pelas concessionárias Lamsa e MetrôRio, com o apoio do Instituto Invepar. 

O foco são crianças e adolescentes de 2 a 18 anos, e o único pré-requisito é todos estarem estudando. As aulas seguirão as recomendações para a prevenção da COVID-19, incluindo o uso obrigatório de máscaras, distanciamento entre alunos e distribuição de álcool em gel.

“Estamos muito felizes em estarmos retomando nossas atividades presenciais após um ano e meio. Precisamos, mais do que nunca, oferecer atividades a nossas crianças e jovens, que estão perdendo o estímulo com os estudos e necessitando de atenção. Em 11 anos de atividades verificamos a melhora no desempenho escolar nas comunidades por onde passamos. Unir a educação e a cultura sempre foi nosso maior ideal e precisamos juntar forças para que essa geração não tenha seu desenvolvimento comprometido, por conta da paralisação causada pela pandemia”, afirma Marcelo Andriotti, fundador da ONG Favela Mundo (homônima ao projeto).

A iniciativa conta ainda com o patrocínio da Prefeitura Municipal do Rio de Janeiro, Secretaria Municipal de Cultura e ICTSIRIO.

A ONG Favela Mundo é chancelada pela ONU como “Modelo de Inclusão Social nas Grandes Cidades”, no evento World Cities Day, em Nova York, além de representar o Brasil em outros eventos da entidade nos Estados Unidos, Canadá, México, Cuba e Marrocos.

SERVIÇO

Favela Mundo abre 700 vagas para crianças e jovens de comunidades. 

Para se inscrever em uma das oficinas é necessário estar matriculado na escola.

Caju –Rua General Sampaio, 74 fundos. Na Associação A Arte Salva Vidas.

Cidade de Deus –Rua Moisés s/n. No EDI Sra. Perciliana de Alvarenga.

Jacarezinho – Av. Demoráticos, 76. No EDI Dr. Antônio Fernandes Figueira

Newsletter

Mais Noticias

Lo que no dicen de Cuba

No empezó con Biden, hay que decir. Desde el 2017 vienen martillando la falacia de un estallido social en Cuba con su solución mágica, la “intervención humanitaria”

Redação do Diário Carioca

Equipe de jornalistas e colaboradores do jornal Diário Carioca. Profissionais de comunicação que trazem as informações mais importantes do Brasil e do Mundo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *