Diário Carioca Google News

O Aeroporto Internacional Antônio Carlos Jobim, o Galeão, no Rio de Janeiro, deve ter, no fim de setembro, seu primeiro voo internacional regular com destino a outro país da América do Sul. As viagens estavam suspensas desde as primeiras semanas da pandemia de covid-19.

O voo para Santiago, no Chile, é operado pela companhia aérea Sky e será feito às segundas e quintas, a partir de 28 de setembro.

No dia 31 de outubro, o voo passa a ser operado também aos sábados.

Com o aumento do número de casos de covid-19 no país, o aeroporto teve 93% de suas ligações aéreas internacionais canceladas. Antes disso, o aeroporto operava voos diários e semanais para 26 destinos internacionais.

A partir do início de abril, apenas a Air France manteve um voo semanal comercial, que liga o Rio de Janeiro a Paris. Além dele, apenas voos cargueiros e de repatriação de passageiros.

Nos primeiros dias de junho, voltaram a funcionar as ligações com Amsterdã, na Holanda, e Lisboa, em Portugal. E este mês, o voo para a cidade portuguesa do Porto, também foi retomado. Mas, os voos regulares para destinos internacionais da América do Sul continuam suspensos.

Além da ligação com Santiago, está prevista a volta da operação para Londres, na Inglaterra, e para Miami, nos Estados Unidos, em outubro. Já para Madri, na Espanha, a expectativa é o dia 1º de dezembro.

Com a retomada da movimentação no aeroporto, a concessionária RIOgaleão informou que colocou em prática uma série de medidas para garantir a segurança de passageiros e da comunidade aeroportuária.

A concessionária ressaltou que no início do decreto de emergência sanitária, foi implantado o plano de enfrentamento à covid-19 no terminal, que incluiu ações de treinamento e prevenção contra o novo coronavírus.

Newsletter

Agência Brasil

Agência Brasil é uma agência pública de notícias da EBC. Informações sobre política, economia, educação, direitos humanos e outros assuntos.