Culinária brasileira volta a ser a preferida dos trabalhadores, aponta Ticket

Levantamento compara as transações do mês de maio com o mesmo período do ano passado, quando a categoria ocupava a segunda colocação. Comida japonesa perde posições nas modalidades delivery e presencial

Redacao
Redacao
Leia em 3 Min
Culinária brasileira pode ser muito bem representada pela Feijoada
Feijoada, a typical Brazilian food

Um levantamento realizado pela Ticket, marca da Edenred Brasil de benefícios ao trabalhador, com base nas transações feitas com o benefício Ticket Restaurante, revelou que a culinária brasileira foi a mais consumida na modalidade presencial durante o mês de maio de 2022.

Em seguida, aparecem as categorias “lanchonete” e “padaria”. No mesmo período do ano passado, a comida brasileira ocupou a segunda colocação, atrás de padaria, que alcançou o topo do ranking, e à frente de lanchonete, que na época ficou em terceiro lugar.

De acordo com Felipe Gomes, Diretor-Geral da Ticket, o retorno de muitas pessoas ao trabalho presencial pode explicar esse aumento no consumo da categoria, representada pelos restaurantes de comida popular, que oferecem pratos compostos por arroz, feijão, carne e salada, e concentra os estabelecimentos que comercializam comida a quilo ou o famoso prato feito. “Nos grandes centros empresariais, os restaurantes de culinária brasileira costumam ser mais requisitados pelos trabalhadores, tanto pela variedade, quanto pelo preço mais acessível. A queda das comidas de padaria da 1ª para a 3ª colocação, por outro lado, pode ser explicada pelo fato de as pessoas estarem se deslocando mais aos locais de trabalho, fazendo menos refeições perto de casa”, comenta.

Fast food, carne, pizzaria, cafés e doces, e italiana são as categorias que completam a classificação das oito culinárias mais consumidas pelos trabalhadores no mês de maio. Também em comparação com o mesmo período de 2021, a comida japonesa, que ocupava o oitavo lugar, deixou o ranking de tipos de comida mais consumidos presencialmente, dando lugar à culinária italiana. 

O levantamento revelou, ainda, que a comida brasileira também foi a mais consumida nos pedidos de delivery, seguida das categorias lanchonete e pizzaria. Na sequência, aparecem padaria, fast food, carne, cafés e doces, e japonesa. 

Assim como na modalidade presencial, ao comparar a classificação de tipos de comida mais pedidos no delivery em maio deste ano com o mesmo período de 2021, a culinária japonesa não manteve sua colocação, passado do 7º para o 8º lugar. “A comida japonesa costuma ter um valor um pouco mais elevado, o que pode explicar a queda do consumo, uma vez que muitas pessoas estão passando por um período de redução de gastos devido à alta da inflação”, comenta o executivo. Já a categoria “padaria” subiu da 6ª para a 4ª colocação.

Ao considerar o consolidado das transações (modalidades presencial e delivery somadas), o levantamento da Ticket aponta a culinária brasileira como a preferida, seguida de lanchonete, padaria, fast food, pizzaria, carne, cafés e doces; e comida de bar, esta última assumindo a oitava colocação no lugar da culinária japonesa

Compartilhe
Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.