22.6 C
Rio de Janeiro
22 outubro, 2021

Holiday e MBL querem acabar com as cotas raciais em concursos públicos em SP

- Publicidade -

Diário Carioca Google News

O debate na sessão plenária da Câmara dos Vereadores de São Paulo, na última terça-feira (14), sobre o Projeto de Lei 497/2021, da Prefeitura, que regulamenta a realização dos concursos públicos no município, transcorria normalmente, quando os vereadores Fernando Holiday (Novo) e Rubinho Nunes (PSL) propuseram uma alteração no texto original, substituindo a obrigatoriedade de reserva de vagas de cotas raciais para cotas sociais.

No plenário, Nunes, que é branco e integrante do Movimento Brasil Livre (MBL), defendeu sua tese.

“Para que as cotas raciais sejam substituídas por cotas sociais, onde a pessoa da periferia, a que estudou na rede pública de ensino e aquela com renda de até 1,5 salário-mínimo na família, possa ingressar através da política de cotas no serviço público municipal independentemente da cor da pele”.

Leia Mais.: MBL recua 32 anos no debate sobre redução de danos e denuncia doação de seringas na Cracolândia

- Advertisement -

No artigo 22, o PL 497 determina que a pessoa que se autodeclarar negra deverá ser submetida a um exame de heteroidentificação, para que sua declaração seja confirmada. O trecho é utilizado por Holiday para justificar o banimento das cotas raciais no projeto.

“A Prefeitura quer regulamentar nesta lei a forma de definir quem é negro e quem não é. Eu acredito que estes critérios, da forma em que eles estão no projeto atual, são muito subjetivos e podem causar constrangimento em diversas pessoas”, disse o parlamentar no plenário.

Para a vereadora Elaine Mineiro (PSOL), a substituição seria um retrocesso.

“Mesmo quando você fala de uma população pobre e carente, ainda assim você encontra desigualdades entre essas populações. Então, quando falamos que precisamos diminuir essas desigualdades raciais, precisamos que existam também medidas efetivas, que sejam contrárias às medidas racistas feitas antes. Cotas, são medidas efetivas, que tentam equilibrar um sistema que é perverso.”

A Lei 15.939, que determina a adoção de cotas em concursos públicos no município de São Paulo, foi aprovada em 2013, durante a gestão do ex-prefeito Fernando Haddad (PT). À época, a legislação foi sancionada após amplo debate com a sociedade.

Para Mineiro, derrubar as cotas exigiria, antes, que houvesse audiências públicas, com participação da sociedade.

“Eu acho importante frisar que a gente precisa fazer uma discussão sobre cotas antes de tomar qualquer medida. Esse debate não existe agora. O Executivo não pode usar uma lei que não fala sobre cotas para modificar essa determinação sem chamar um debate público.”

Nesta quarta-feira (15), o PL 497 seguirá em debate na Câmara Municipal. Ainda não há data para votação. 

Edição: Anelize Moreira


Assine nossa newsletter

Assine nosso Boletim e ique bem informado com as principais notícias do Mundo

- Publicidade -
Brasil de Fatohttps://www.brasildefato.com.br/
Agência Brasil de Fato traz notícias do Brasil e do mundo, a partir de uma visão popular. Notícias, entrevistas e artigos de opinião

Espanha vai extraditar ex-general chavista Hugo Carvajal aos EUA amanhã

Madri, 22 out (EFE).- A Espanha vai extraditar amanhã o ex-general venezuelano Hugo Armando Carvajal aos Estados Unidos, que o acusam de tráfico de...

Richarlison volta a treinar e pode atuar neste fim de semana pelo Everton

Londres, 22 out (EFE).- O atacante brasileiro Richarlison, do Everton, voltou nesta sexta-feira aos treinos após um mês afastado das atividades e pode se...

Las vacunas no son una terapia genética con efectos adversos desconocidos

Madrid, 22 oct (EFE).- Las vacunas de la covid-19 no son ninguna terapia genética experimental ni su administración conlleva efectos adversos desconocidos, como afirman...

Neira: El uso de las mascarillas debe adaptarse “al lugar y a la situación”

Oviedo, 22 oct (EFE).- La directora del Departamento de Salud Pública y Medio Ambiente de la Organización Mundial de la Salud (OMS), María Neira,...

Contratar barato e vender estrelas caras: O modelo do Red Bull Salzburg

Alejandro Giménez. Salzburgo (Áustria), 22 out (EFE).- Contratar jovens jogadores de futebol promissores a baixo custo, desenvolvê-los e vendê-los a preços de grandes...
- Publicidade -

“DC’s Legends of Tomorrow”: Sétima temporada estreia na Warner Channel

A Warner Channel apresenta a estreia da sétima temporada de DC’s Legends of Tomorrow no domingo, 31 de outubro, às 22h50.
- Publicidade -
Porno Gratuit Porno Français Adulte XXX Brazzers Porn College Girls Film érotique Hard Porn Inceste Famille Porno Japonais Asiatique Jeunes Filles Porno Latin Brown Femmes Porn Mobile Porn Russe Porn Stars Porno Arabe Turc Porno caché Porno de qualité HD Porno Gratuit Porno Mature de Milf Porno Noir Regarder Porn Relations Lesbiennes Secrétaire de Bureau Porn Sexe en Groupe Sexe Gay Sexe Oral Vidéo Amateur Vidéo Anal