Diário Carioca Google News

São alguns anos de estrada e fãs fiéis que entendem a essência do Hotelo: distribuir sorrisos, cantar a felicidade e promover o amor sem deixar de lado o bom humor e autenticidade na medida certa. Com essa missão que a banda se junta à Sony Music em seu novo projeto, “Início, Meio e Fim”, em que canta as diferentes fases de um relacionamento. Neste primeiro EP lançam três músicas que fazem parte do “Início”: “Sorte”, com participação de Di Ferrero; “Conto as Horas”, que também chega com clipe; e “Eu Te …”.

Como é o costume do grupo formado por Deco Martins (voz), Conrado Banks (baixo/backing vocals), Julinho Pettermann (guitarra/ backing vocals) e Tito Caviglia (guitarra), o álbum foi pensado com um conceito

“A gente gosta bastante de álbum temático. Vimos que deu muito certo com ‘Mapa Astral’. Percebemos que para este disco tínhamos um monte de música de amor. Então são quatro pro início do relacionamento amoroso, aquele frio na barriga, quando recebe mensagem e fica sorrindo à toa. Já as quatro músicas seguintes são de quando começa a ter bastante DR (discussão de relacionamento), é um outro amor, mais evoluído, de cuidar da pessoa, ter mais confiança, não é mais aquela paixão. Em termos de harmonia ela já é uma música mais calma também. As quatro músicas que fecham falam do fim, mas não é algo triste, o Hotelo traz uma versão de final com esperança, mesmo tendo um momento de fossa, gostamos que seja algo mais pra cima”, conta o grupo.

O disco traz duas participações especiais, de Di Ferrero na nova versão da música “Sorte”, disponível neste EP, e de Vitor Kley em “Maior Que Nós”, que estará no EP2. “Somos muito fãs do Di, éramos fãs de NX. Foi muito legal receber o cara aqui em casa, ele gravou aqui mesmo. E quisemos puxar a música para uma levada mais acústica, com mais violão. Já a música com o Vitor é especial, temos muito carinho pela música e por ele, que topou na hora participar”, compartilha o grupo.

Juntamente com o EP “Início”, disponível em todas as plataformas digitais, chega o clipe de “Conto as Horas”. Sobre o vídeo, eles dizem: “A estética está muito bonita. Estávamos com prazo apertado, mas a equipe toda com muito alto astral fez acontecer. Espero que todos gostem do resultado”. O curta traz cores alegres, mantendo a ideia de paixão do início de um relacionamento. Além disso, conta com a participação da influenciadora Duda Kropf e foi dirigido e produzido pela Obvious Agency.

O projeto foi todo pensado e até as capas dos EPs e do álbum caminham juntas e com o conceito do disco. A versão final de “Início, Meio e Fim” será uma construção da capa dos 3 EPs “Início”, “Meio” e “Fim”, que vai contando a história do casal até se encontrarem e se juntarem no álbum final. Assim, cada lançamento traz uma novidade que se completa. A paleta de cores usada também é específica para cada fase, visando marcar bem a etapa do relacionamento.

Hotelo iniciou a carreira em 2013 e traz na bagagem mais de 40 músicas lançadas (entre EPs, álbuns e singles), além de participações em festivais como Planeta Brasil, NAVE (o festival das Anavitória) e Nômade Festival. Dentre os trabalhos, se destacam o álbum “Mapa Astral” (uma música para cada signo, com participações de Dinho Ouro Preto, Anavitória, Atitude 67, Pedro Calais (Lagum), entre outros), lançado no final de 2018, que conta com mais de 5 milhões de acessos no Spotify e o single “Sorte”, lançado em outubro de 2019, que exemplifica bem o Pop leve, alto astral, com mais de 6 milhões de execuções na mesma plataforma.

Morando todos juntos, eles gostam de frisar a força da amizade e dizem: “A gente não é amigo porque tem uma banda e sim temos uma banda porque somos amigos”

JR Vital

JR Vital é jornalista e editor do Diário Carioca. Formado no Rio de Janeiro, pela faculdade de jornalismo Pinheiro Guimarães, atua desde 2007, tendo passado por diversas redações.

Deixe um comentário

Deixe uma resposta