Diário Carioca Google News

id-estreia-a-serie-minha-historia-de-horror


Assassinatos são acontecimentos tão drásticos e violentos que deixam marcas indeléveis nas vidas das pessoas próximas às vítimas – os familiares normalmente narram uma experiência de suspensão, como se tivessem perdido o chão enquanto tentam assimilar os fatos e as descobertas trazidas pela investigação.

MINHA HISTÓRIA DE HORROR (My Murder Story), nova série original do ID que tem estreia na terça-feira, 14 de setembro, às 22h15, traz entrevistas com pessoas envolvidas em casos reais de homicídios e, a partir delas, narra a relação de colaboração que se desenvolve: de um lado, a família em busca de respostas sobre o crime; do outro, os detetives precisando da maior quantidade de informações sobre a vida pregressa da vítima para, enfim, chegarem ao assassino.

Em episódios de uma hora, a série recorre a esses depoimentos exclusivos para recapitular os principais momentos das investigações de homicídios reais nas perspectivas dos oficiais e dos familiares. Reunidos pelo assassinato, essas pessoas que até então não se conheciam farão descobertas que, em alguns casos, farão emergir segredos sombrios e inimagináveis; constatações com o potencial de mudar radicalmente a maneira como esses familiares enxergam a própria vida e seus vínculos. Incumbidos de juntar as peças de um quebra-cabeças, eles vivem o choque causado pelo homicídio enquanto vasculham as próprias memórias procurando por respostas, sendo constantemente confrontados por achados que nem sempre condizem com a versão que sempre tiveram em mente.

O episódio de estreia vai a Angel’s Landing, uma pacata comunidade localizada na cidade de Wichita, estado americano do Kansas, e palco de uma sequência de mortes misteriosas que teve início em 2001. A cada dois anos, um novo evento trágico acontecia e vitimava um dos moradores: primeiro um acidente de avião, depois um afogamento seguido de um homem esmagado pelo próprio carro e, em 2008, a colisão frontal entre o carro onde estava Jennifer Hutson e um caminhão.

Todas as mortes relacionadas a Angel’s Landing foram entendidas pelas autoridades como acidentais. Mas, para o detetive Ron Goodwyn, responsável pela apuração das circunstâncias que vitimaram Jennifer, não existem coincidências. Embora a comunidade parecesse um lugar de paz e tranquilidade, a hipótese de Ron era a de que havia algo muito errado ali.  Com a ajuda da filha mais velha de Jennifer, Sara, e de seu então namorado, Daniel McGrath, Ron uniu forças ao FBI para empreender uma investigação minuciosa, revisando todas as mortes suspeitas e revelando uma trama sinistra em torno de Lou Castro, o líder da comunidade de Angel’s Landing.

SERVIÇO

MINHA HISTÓRIA DE HORROR (My Murder Story)

Estreia: terça-feira, 14 de setembro, às 22h15

Classificação indicativa: 14 anos

Redação do Diário Carioca

Equipe de jornalistas e colaboradores do jornal Diário Carioca. Profissionais de comunicação que trazem as informações mais importantes do Brasil e do Mundo