22 C
Rio de Janeiro
8 dezembro, 2021

Venda de imóveis residenciais no Rio de Janeiro cresce 49% no acumulado do ano

- Publicidade -

Diário Carioca Google News

De janeiro a outubro deste ano, a venda de imóveis residenciais na cidade do Rio de Janeiro apresentou crescimento de 49%, em comparação com o mesmo período do ano passado, superando 36,9 mil unidades vendidas, somando aproximadamente R$ 27 bilhões em negócios.

Somente no mês de outubro, o crescimento nas vendas de imóveis na Zona Sul foi de 30%, em comparação ao mesmo mês do ano passado, totalizando 926 unidades. Já na Barra e no Recreio houve uma queda de -14%, em relação ao mesmo período de 2020, com um total de 622 unidades.

média mensal de vendas de imóveis residenciais na Zona Sul subiu para 799, o que é um novo recorde do setor, já que no auge do boom imobiliário na cidade em 2013 esse número estava em 709. Em contrapartida, na Barra, depois de 12 meses seguidos de alta, houve queda de 1,6%, motivada pelos resultados de outubro, passando de 384 para 378 imóveis vendidos mensalmente.

Essa queda verificada na Barra e no Recreio não é vista com preocupação por Fred Judice Araujo, co-fundador e head de Produto, Marketing e Dados da HomeHub, plataforma de tecnologia imobiliária que atua por meio de franquias conectadas em rede, com uma operação no modelo “figital” (físico e digital). “A base de comparação dos últimos 4 meses do ano passado é alta, refletindo a retomada do mercado após a queda inicial por conta da pandemia e o baixo patamar de juros, de 2% ao ano na época. Por isso, é normal vermos alguns bairros oscilarem e até encontrarem uma certa estabilidade nas vendas em um alto patamar”, afirma.

De acordo a última pesquisa da Abecip, o crédito imobiliário no país alcançou a marca histórica de R$ 200 bilhões financiados ao considerarmos os últimos 12 meses até setembro. Com isso, podemos notar que mesmo com a inflação em alta, com o IPCA acumulando 10,25% nos últimos 12 meses e com a consequente alta dos juros, as pessoas têm recorrido ao crédito imobiliário para comprar o seu imóvel, é o que aponta os números do setor frente aos anos anteriores.

Venda de imóveis por bairro
Ao analisar a participação dos principais bairros da Zona Sul do Rio de Janeiro referente às vendas acumuladas de janeiro a outubro, o crescimento registrado foi de 69% em relação ao mesmo período de 2020, somando 7.986 unidades. Os bairros com maior participação no total de transações foram Copacabana, com 25,1%, seguido por Botafogo com 13,2%, Flamengo 12,5%, Leblon 9,1%, Ipanema 8,8% e Laranjeiras 7,3%. Todos os demais bairros analisados, juntos, somaram 24,0%.

De janeiro a outubro, todos os bairros analisados no estudo tiveram crescimento expressivo nas vendas, em relação ao mesmo período do ano anterior, sendo: Flamengo +156%, Gávea +147%, Urca +143%, Santa Teresa +115%, Leme +110%, São Conrado +108%, Catete +90%, Glória +84%, Lagoa +74%, Botafogo +71%, Jd. Botânico +66%, Humaitá +65%, Laranjeiras +61%, Barra +57%, Ipanema +52%, Jd. Guanabara +51%, Copacabana +49%, Recreio +41% e Leblon +30%.

A análise foi elaborada pela área de inteligência da HomeHub, e teve como base a arrecadação de ITBI (Imposto de Transmissão de Bens Imóveis) da Prefeitura do Rio de Janeiro.

Confira abaixo os gráficos das vendas do período:

Venda de imóveis residenciais no Rio de Janeiro - Diário Carioca
Venda de imóveis residenciais no Rio de Janeiro - Diário Carioca
Venda de imóveis residenciais no Rio de Janeiro - Diário Carioca
Venda de imóveis residenciais no Rio de Janeiro - Diário Carioca
Venda de imóveis residenciais no Rio de Janeiro - Diário Carioca
Venda de imóveis residenciais no Rio de Janeiro - Diário Carioca
Venda de imóveis residenciais no Rio de Janeiro - Diário Carioca
Venda de imóveis residenciais no Rio de Janeiro - Diário Carioca

Assine nossa newsletter

Assine nosso Boletim e ique bem informado com as principais notícias do Mundo

- Publicidade -
Redação do Diário Cariocahttps://diariocarioca.com
Equipe de jornalistas e colaboradores do jornal Diário Carioca. Profissionais de comunicação que trazem as informações mais importantes do Brasil e do Mundo

Johnson se desculpa após vazamento de vídeo sobre suposta festa em gabinete

Londres, 8 dez (EFE).- O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, se desculpou nesta quarta-feira, após o vazamento de um vídeo em que sua...

Grã-Bretanha se junta a boicote diplomático aos Jogos de Inverno em Pequim

Londres, 8 dez (EFE).- O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, anunciou nesta quarta-feira que a Grã-Bretanha aderiu ao boicote diplomático dos Jogos Olímpicos de Inverno...

Chefe do Estado Maior da Índia morre em queda de helicóptero

Nova Délhi, 8 dez (EFE).- A Força Aérea da Índia (IAF, na sigla em inglês) confirmou nesta quarta-feira a morte do chefe do Estado-Maior...

Especialistas temen a la nueva ola de covid-19 en Honduras tras las fiestas navideñas

Tegucigalpa, 8 dic (EFE).- Las fiestas de Navidad podrían dejar un rebrote de la pandemia de covid-19 en Honduras, donde especialistas ven con preocupación...

Hospitales franceses retrasan operaciones ante la quinta ola de covid

París, 8 dic (EFE).- Varias regiones francesas, entre ellas la de París, pusieron en marcha hoy el plan especial que permite liberar espacio para...
- Publicidade -

Rio Gastronomia começa com shows de Geraldo Azevedo e Teresa Cristina

Maior evento de gastronomia do Brasil retorna ao Jockey Club Brasileiro nos dias 9 a 12 e 16 a 19 de dezembro.
- Publicidade -