Diário Carioca Google News

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) alterou hoje (28) a resposta de duas questões do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A questão de Linguagens, Códigos e Suas Tecnologias trazia um texto em inglês, trecho do romance Americanah , da escritora nigeriana Chimamanda Ngozi Adichie . O gabarito divulgado ontem afirmava que a resposta correta era alternativa D. Hoje, o Inep fez uma correção para alternativa C.

A questão gerou polêmica. O texto mostra um diálogo entre uma mulher negra e sua cabeleireira. Na conversa, a cabeleireira pergunta porque a mulher não alisa o cabelo e o cliente responde “eu gosto do meu cabelo do jeito que Deus o fez”. A questão perguntava sobre o posicionamento do cliente. O primeiro gabarito divulgado dizia que a resposta correta era a letra D, em que se afirmava que a postura da mulher “demonstrava uma postura de imaturidade”.

Candidatos chegaram a chamar atenção nas redes sociais para a questão e um suposto cunho racista do gabarito. Pouco depois, o Inep divulgou a correção com a resposta correta: “ revelam uma atitude de resistência ”.

Confira aqui o gabarito oficial das provas do primeiro dia do Enem

Outra alteração veio numa questão também de Linguagens. A questão apresentava um texto sobre um software que faz uma pré-seleção de pessoas que devem se submeter a uma entrevista para ingressar numa faculdade de medicina britânica. De acordo com o texto, esse software excluía pessoas do processo seletivo apenas pelo sobrenome e local de nascimento. Em seguida, o texto diz que ao buscar nomes de pessoas negras norte-americanas, há maior probabilidade de anúncios automáticos oferecerem checagem de antecedentes.

A questão perguntava qual alternativa era correta para completar a frase: “O texto permite o desnudamento da sociedade ao relacionar as tecnologias de informação e comunicação com o (a)”. A resposta divulgada no primeiro gabarito foi a alternativa C, “linguagem”. Hoje, o Inep corrigiu e a alternativa correta é a D, “preconceito”.

Inep explicou

Em nota, o Inep explicou que após a divulgação dos gabaritos “foi identificada uma inconsistência no material” e que uma modificação feita no gabarito antes da sua divulgação não houve sido salva no banco de dados. Os gabaritos corrigidos já estão disponíveis no site do instituto

Agência Brasil

Agência Brasil é uma agência pública de notícias da EBC. Informações sobre política, economia, educação, direitos humanos e outros assuntos.