Diário Carioca Google News

Linha Amarela, via administrada pela empresa Lamsa desde 1997.

O pedágio da Linha Amarela passará a aceitar, a partir deste domingo, dia 27 de junho, o pagamento por aproximação com cartões de crédito, pré-pago e débito Visa. Em uma parceria entre a Lamsa, a Visa, a Cielo e a Fadami, empresa integradora de soluções de pedágio, os motoristas poderão realizar o pagamento da tarifa utilizando cartões, celulares, relógios, pulseiras e outros dispositivos com esta tecnologia. Além de oferecer mais um meio de pagamento aos clientes da via expressa, a iniciativa também trará agilidade aos motoristas e garantirá fluidez ao trânsito.

A rodovia será a primeira do país a adotar um sistema desenvolvido exclusivamente para pedágios, com equipamento especial incorporado às cabines, o que permite o acionamento das cancelas de forma automática, sem intervenção dos operadores. 

O processo funciona de forma simples: o cliente informa na cabine o meio de pagamento (dinheiro ou dispositivo habilitado com tecnologia de pagamento por aproximação), aproxima o dispositivo ou cartão do leitor e a cancela abre automaticamente. A quantidade de eixos (que determina o valor a ser cobrado) é inserida pelo operador, e o procedimento é validado por sensores instalados na pista junto às cabines de pedágio. 

De acordo com dados da Lamsa, o serviço pode beneficiar até 60 mil usuários que, em média, utilizam diariamente as cabines manuais do pedágio.

“Estamos atentos na busca por soluções que possam melhorar a experiência dos usuários. A tecnologia por aproximação atende uma demanda antiga dos clientes da Linha Amarela, que solicitavam o uso do pagamento eletrônico no pedágio. Com esta inovação, pioneira na mobilidade urbana, efetuar o pagamento será mais rápido e simples, melhorando a fluidez no trânsito”, conta Marcus Rosa, diretor-superintendente da Lamsa.

Nesta primeira fase, o pagamento por aproximação estará disponível em duas cabines em cada sentido da Linha Amarela (cabines 05 e 06, no sentido Barra da Tijuca; e cabines 16 e 15, no sentido Fundão). Os espaços estarão sinalizados para que os motoristas possam se posicionar. A expectativa é que o sistema seja gradativamente instalado em 16 cabines manuais ao todo, sendo oito em cada sentido da via. 

Um cartão com tecnologia de pagamento por aproximação pode ser identificado pelo símbolo com 4 ondas impresso no plástico (imagem abaixo). Se você possui alguma dúvida, entre em contato com o emissor do seu cartão para saber se ele possui a tecnologia.

O pagamento por aproximação também pode ser realizado por meio das carteiras digitais (como Apple Pay, Google Pay e Samsung Pay). A utilização do serviço não terá custo adicional ou taxas, e a segurança do sistema se dá pela criptografia dos dados do cartão do usuário. 

“O pagamento por aproximação cresce exponencialmente em todo o país e encontrou no transporte um grande aliado para se tornar ainda mais popular. Criamos uma solução dedicada a melhorar a experiência dos motoristas e a gestão da empresas de pedágio, facilitando a aproximação e a velocidade da transação. Além da conveniência e agilidade, essa tecnologia traz também muita segurança, para os usuários que passam todos os dias pela Linha Amarela”, conta Marcelo Sarralha, diretor de Soluções da Visa do Brasil.

O sistema de emissão de recibo fiscal no pedágio permanecerá o mesmo. Ao final de cada transação o comprovante de pagamento, Documento Fiscal Equivalente (DFE), estará disponível para o cliente.  A tecnologia da Visa implementada no pedágio é agnóstica e aceita pagamento por aproximação de todos os cartões e bandeiras que possuem a tecnologia.

O valor do pedágio da Linha Amarela é de R$ 4 em cada sentido da via (Fundão e Barra da Tijuca). Os motoristas também poderão continuar pagando a tarifa com dinheiro ou utilizando a pista automática desde que possua a tag instalada no parabrisa do veículo

Newsletter

Mais Noticias

Lo que no dicen de Cuba

No empezó con Biden, hay que decir. Desde el 2017 vienen martillando la falacia de un estallido social en Cuba con su solución mágica, la “intervención humanitaria”

Redação do Diário Carioca

Equipe de jornalistas e colaboradores do jornal Diário Carioca. Profissionais de comunicação que trazem as informações mais importantes do Brasil e do Mundo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *