Diário Carioca Google News

Quando o office boy Gabriel Alves cruza a esquina da Major Sertório com a Bento Freitas, no centro de São Paulo, não consegue tirar os olhos do grafite colorido que ocupa uma parede inteira de um prédio de 15 andares.

“Parece um alienígena, meio com uma cara de polvo, essas coisas, água viva ali, branco amarelo, amarelo roxo, um polvo aqui, bem colorido”.

O que ele não sabe é que o mar de cores que cobriram a lateral do prédio é só o começo de um grafite gigantesco que vai cobrir a paredes de outros 13 prédios que cercam a esquina. O imenso círculo de cores e seres aquáticos foi batizado como aquário urbano.

Quando estiver completo, o Grafite vai ultrapassar os 10 mil metros quadrados e deve entrar para o livro dos recordes como o maior grafite do mundo.

Quando a assistente contábil Cristiane Araújo, que trabalha na região, soube do tamanho da proposta, não escondeu o susto.

“Em tudo aqui? Interessante, interessante”.

Mas, na correria do dia a dia, ela nem percebeu que a esquina já estava mudando de cor.

“Então, na correria a gente não presta nem atenção”.

É justamente nessa correria que o idealizador do projeto, o grafiteiro Flip, o Felipe Yung, quer interferir.

“Que isso seja bastante legal para as pessoas terem o contato, já que a gente mora numa cidade que fica longe do mar e os nossos rios estão praticamente mortos. Então é um contato que a gente convida a terem novamente. Isso no centro de São Paulo, um fluxo enorme de pessoas e trazendo arte grátis, arte acessível, uma explosão de cores no centro cinza da megalópole chamada São Paulo”.

Fotografia: Rovena Rosa/Agência Brasil
Fotografia: Rovena Rosa/Agência Brasil

Para conseguir executar o projeto, Flip contou com a parceria do produtor cultural Kleber Pagu e uma equipe de quatro grafiteiros.

Os custos do projeto ficaram por conta dos patrocinadores: uma fábrica de tinta que doou mais de R$ b500 mil em tintas e uma empresa de plataforma elevatória.

Os painéis começaram a ser pintados no começo do ano, e a previsão é que o aquário urbano fique pronto para o carnaval de 2020.

Redação do Diário Carioca

Equipe de jornalistas e colaboradores do jornal Diário Carioca. Profissionais de comunicação que trazem as informações mais importantes do Brasil e do Mundo

Deixe um comentário

Deixe uma resposta