31.3 C
Rio de Janeiro
sexta-feira, novembro 27, 2020
- Publicidade -

Um hospital de campanha no Central Park: notícias sobre coronavírus na terça-feira

- Publicidade -

  Os Estados Unidos continuam registrando de longe os casos mais novos de coronavírus do mundo, com mais de 164.000 em 31 de março. A cidade de Nova York, ainda o epicentro do surto do país, viu o navio hospital da Marinha dos EUA Comfort entrar no píer 90 no Manhattan 90 oeste na segunda-feira, e um novo hospital de campanha está programado para abrir terça-feira no Central Park. A crise nos Estados Unidos está forçando os Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) a repensar suas diretrizes sobre pessoas saudáveis ​​que usam máscaras. No entanto, a escassez contínua das máscaras respiratórias mais avançadas do N95, que os profissionais de saúde precisam para cuidar de pessoas infectadas, significa que as pessoas terão que se contentar com máscaras cirúrgicas de papel descartáveis ​​ou coberturas improvisadas como lenços. Em todo o mundo, o número de casos de coronavírus já ultrapassou os 800.000. Na terça-feira, a China anunciou mais de 1.500 casos de coronavírus que não haviam sido divulgados anteriormente, levantando mais dúvidas sobre a veracidade dos dados de Pequim em torno do coronavírus. Aqui está o que você precisa saber hoje. Nova York, a zona de guerra Na segunda-feira, o navio do hospital naval, o USNS Comfort, atracou no West Side de Manhattan, oferecendo a promessa de 1.000 leitos aos grandes hospitais da cidade de Nova York. A última vez em que atracou nos portos de Nova York foi após os ataques terroristas de 11 de setembro de 2001. O antecessor do Comfort também tratou pacientes com excesso de transbordamento em Nova York durante a pandemia de influenza de 1918. “Nossa nação ouviu nosso pedido de ajuda aqui na cidade de Nova York”, disse o prefeito Bill de Blasio na segunda-feira. “Não poderia haver um exemplo melhor de toda a América puxando para Nova York do que a chegada do USNS Comfort”. No Central Park de Manhattan, o Mount Sinai Health Systems e o Samaritan’s Purse, um grupo evangélico de ajuda cristã, ergueram um hospital de campanha para atender cerca de 68 pacientes transbordando em East Meadow. Durante a Guerra Civil, o Central Park também hospedou um hospital para tratar soldados feridos. O Centro de Convenções Jacob Javits, no extremo oeste de Manhattan, e o Centro Nacional de Tênis Billie Jean, onde o US Open é disputado em Queens, também serão transformados em hospitais improvisados. Essa é a realidade em Nova York, que agora tem mais de 75.000 casos confirmados em 31 de março, com mais de 1.500 mortes. Na segunda-feira, mais de 230 pessoas morreram em 24 horas. O CDC está reconsiderando sua orientação sobre máscaras No momento, o CDC diz que pessoas saudáveis ​​não devem usar máscaras. Mas isso pode mudar em breve. Os profissionais de saúde nas linhas de frente estão enfrentando uma terrível escassez de equipamentos de proteção, e ainda é necessário preservar equipamentos vitais, como máscaras de respiração N95 para eles. Mas o CDC está repensando sua orientação sobre se pessoas saudáveis ​​devem usar outros tipos de coberturas faciais como precaução adicional, segundo o Washington Post. Nada foi finalizado ainda, mas em breve eles poderão começar a recomendar que as pessoas usem máscaras cirúrgicas de papel descartáveis, lenços e outros revestimentos faciais de bricolage para ajudar a retardar a propagação. Outros países, incluindo os da Ásia, mandaram usar máscaras em público, e alguns países ocidentais, incluindo a Alemanha, estão considerando revestimentos faciais como parte de um plano mais amplo para reduzir as medidas de bloqueio. Os EUA ainda não estão lá, mas há chances de que máscaras em breve se tornem mais uma ferramenta recomendada para retardar a propagação do vírus no país. As estatísticas de coronavírus da China são questionadas A partir de quarta-feira, a China começará a incluir transportadoras assintomáticas em suas estatísticas públicas sobre novos casos de coronavírus no país, segundo o South China Morning Post. Anteriormente, as autoridades chinesas tinham que relatar e monitorar esses casos, mas eles não foram incluídos nas estatísticas do governo. Na terça-feira, o governo chinês registrou mais de 1.500 casos de pessoas que apresentaram resultados positivos, mas eram assintomáticos – casos que não haviam sido divulgados anteriormente. Mas os números podem ser muito maiores que isso. O South China Morning Post estimou que poderia haver até 43.000 casos de pessoas que deram positivo, mas não apresentaram sintomas. Atualmente, a China registrou mais de 82.000 casos confirmados no total. No início do surto de Covid-19, que começou em Wuhan, na China, o governo chinês encobriu ativamente as evidências da crescente epidemia. Desde então, especialistas questionam se a China está sendo franca em seus relatórios sobre o número de casos e mortes no país. O governo da China acabou adotando medidas extremas para bloquear o país e tentar retardar a disseminação do vírus, mas a falta de transparência de Pequim complicou a maneira como o mundo avalia seu sucesso. E algumas boas notícias Os esportes ainda estão cancelados, então teremos que nos divertir com essa tartaruga que “dribla” uma bola de basquete. Ele é bom nisso, veja essa tartaruga!

- Publicidade -

Veja Também

MetrôRio reforça operação para o segundo turno das Eleições 2020

No dia da votação, as estações das linhas 1, 2 e 4 vão abrir às 7h e a operação se encerrará às 23h. No sábado (28/11), o funcionamento será das 5h à 0h, como já acontece normalmente nos fins de semana. A transferência entre as linhas 1 e 2 será feita na estação Estácio .
- Publicidade -

Últimas Notícias

Boletim Carioca

Assine nossa Newsletter e receba as últimas notícias e ofertas de nossos parceiros em seu email

MetrôRio reforça operação para o segundo turno das Eleições 2020

No dia da votação, as estações das linhas 1, 2 e 4 vão abrir às 7h e a operação se encerrará às 23h. No sábado (28/11), o funcionamento será das 5h à 0h, como já acontece normalmente nos fins de semana. A transferência entre as linhas 1 e 2 será feita na estação Estácio .

Di Ferrero, Preta Gil, Paula Fernandes e Elba Ramalho desafiam os cozinheiros no próximo “MasterChef”

A Band exibe o 21º episódio do MasterChef Brasil na próxima terça-feira (1), a partir das 22h45. Oito novos participantes encaram...

Danilo Gentili e Wanessa Camargo estão no Programa Raul Gil deste sábado

No programa deste sábado, 28 de novembro, Raul Gil recebe Danilo Gentili no quadro “Pra Quem você Tira o Chapéu”. O humorista revela se...

Smithsonian Channel participa de iniciativa pela conservação da biodiversidade

O canal Smithsonian Channel e a Smithsonian Institution participam, na próxima semana, do Conservação Integrada Summit 2021-2030, evento totalmente...

Celso Portiolli recebe Adriana Bombom, Mulher Melão, Vivi Wanderley, Viny Vieira, André Vasco e Robson Bailarino neste domingo

O 'Domingo Legal' deste final de semana (29) vem recheado de diversão e alegria. Celso Portiolli apresenta, ao vivo, a partir das...

HBO indica produções sobrenaturais para maratonar antes da estreia do novo ‘O GRITO’

Remake de um dos clássicos do terror, O GRITO estreia neste sábado, dia 28 de novembro, às 22h, na HBO e na HBO GO. A nova...
- Publicidade -