30.3 C
Rio de Janeiro
sábado, novembro 28, 2020
- Publicidade -

Urnas abrem no Chile para plebiscito histórico de nova Constituição

- Publicidade -

Como urnas abriram no Chile neste domingo para um plebiscito histórico sobre a constituição do país, que vem da era do ditador Augusto Pinochet, será descartado e substituída por uma nova Carta a ser formulada, uma das principais obrigatórias dos protestos tomaram conta do país no ano passado.

Grandes protestos contra o governo, a desigualdade e o elitismo em uma das mais avançadas economias da América Latina tomaram no Chile no ano passado e foram retomados com o relaxamento das medidas adotadas para conter o coronavírus.

Os eleitores têm 12 horas, a partir das 8h locais (mesmo horário de Brasília) para votarem. Mais de 14, 8 milhões de pessoas podem votar em 2. 715 local em todo o país, embora os que requeiram de Covid – 19 tenham sido alertados para se manterem distantes sob ameaça de prisão

Os chilenos decidirão se aprovar ou rejeitar uma nova Constituição e se ela deve ser elaborada por um grupo especial eleito pelos cidadãos, composto por metade de homens e metade das mulheres, com representantes indígenas, ou se por uma mistura de cidadãos e parlamentares.

É necessário uso simples para vencer. As pesquisas de opinião que uma nova constituição será aprovada por ampla margem.

Entre os primeiros a votar estava o presidente do Chile, Sebastián Piñera. Sua taxa de aprovação caiu para um patamar recorde de baixa em meio aos protestos e se manteve claudicante durante uma pandemia.

Falando no bairro de Las Condes, perto de sua casa, ele fez um apelo para que os chilenos compareçam em números recordes, não importando sua inclinação de voto.

“Nesta noite, quando sabemos os resultados, respeitemos a decisão do povo e tomemos uma ação forte e clara pela democracia e não pela anarquia, pela paz e não pela violência, pela unidade e não pela divisão”, disse ele a jornalistas.

- Publicidade -

Veja Também

Mundurukus têm saúde afetada por mercúrio

De cada 10 participantes, 6 apresentaram níveis de mercúrio acima de limites seguros: cerca de 57,9% dos participantes apresentaram níveis de mercúrio acima de 6µg.g-1 – que é o limite máximo de segurança estabelecido por agências de saúde.
- Publicidade -

Últimas Notícias

Boletim Carioca

Assine nossa Newsletter e receba as últimas notícias e ofertas de nossos parceiros em seu email

Aline Lessa e Luiz Lopes apresentam o projeto “Rita e Raul”, no Osório Bar, em Ipanema

O guitarrista, que já tocou com grandes artistas brasileiros, como Erasmo Carlos e a Cor do Som está empolgado com o projeto e promete uma noite de muito som e diversão.

Mundurukus têm saúde afetada por mercúrio

De cada 10 participantes, 6 apresentaram níveis de mercúrio acima de limites seguros: cerca de 57,9% dos participantes apresentaram níveis de mercúrio acima de 6µg.g-1 – que é o limite máximo de segurança estabelecido por agências de saúde.

Médicos Sem Fronteiras atendem pessoas que fogem da violência na Etiópia

Milhares de etíopes cruzaram a fronteira rumo ao Sudão desde o início de novembro

Vereador dá entrada em projeto de lei para criar a Praça Maradona, em frente ao Consulado da Argentina, no Rio

Segundo o texto, fica permitida a instalação de busto ou estátua em homenagem ao craque argentino, falecido no dia 25 de novembro.

Brasil Cena Aberta Ato 2020 tem versão online transmitida diretamente do Teatro Cacilda Becker

Em detrimento da pandemia do Covid -19, Brasil Cena Aberta opta por criar uma edição especial, um ato que acontece entre 2 e 4 de dezembro e conta com espetáculos de teatro e dança, encontros entre artistas e curadores internacionais, bate-papos, workshops, apresentação de novos projetos e técnicos de palco e coxia.

Daparte lança o EP “Como Não Se Lembram”

Vivendo um momento de liberdade criativa durante os tempos de distanciamento social, Juliano Alvarenga (voz e guitarra), João Ferreira...

Eduardo Paes e Crivella trocam acusações, ataques e ofensas em debate na Globo

Marcelo Crivella (Republicanos) repetiu diversas vezes que Eduardo Paes (DEM) será preso caso seja eleito. Paes rebateu dizendo que Crivella é mentiroso e o comparou ao governador afastado Wilson Witzel. Diversos direitos de resposta foram concedidos por conta de ataques pessoais.
- Publicidade -