26.1 C
Rio de Janeiro
2 dezembro, 2021

Arce destaca progresso nos processos por crise de 2019 e gestão da pandemia

- Publicidade -

Diário Carioca Google News

La Paz, 8 nov (EFE).- O presidente da Bolívia, Luis Arce, destacou nesta segunda-feira que em um ano foram feitos progressos na busca por justiça para as vítimas da crise política de 2019 no país e no combate à pandemia do coronavírus.

EFE/Stringer
- Publicidade -

O chefe de Estado apresentou à Assembleia Legislativa relatório sobre seu primeiro ano de mandato, que se concentrou na gestão da luta contra a Covid-19, na reativação econômica e nos processos judiciais que estão sendo seguidos pelos responsáveis pela crise de dois anos atrás, que para o partido governista foi um “golpe de estado”.

EFE / Stringer
- Publicidade -

Arce começou seu relatório salientando que de 2019 até o final de 2020 houve “tempos de incerteza” e que as eleições que deveriam ter sido realizadas no início do ano passado foram adiadas algumas vezes pela ex-presidente interina Jeanine Áñez. Na visão do atual mandatário, o intuito da antecessora foi estender sua permanência no governo.

- Advertisement -

REFORMA JUDICIAL.

Arce lembrou que o relatório do Grupo Interdisciplinar de Estudos Independentes (GIEI) da Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH) determinou que durante a crise de 2019 no país houve “graves violações dos direitos humanos”.

Por essa razão, seu governo está trabalhando em uma reforma judicial para que, em suas palavras, “a justiça esteja a serviço do povo” e para cumprir o mandato que recebeu do povo boliviano de governar com “justiça social”.

“O povo boliviano deu o mandato de memória, verdade e justiça para as vítimas de massacres, execuções extrajudiciais, tortura, perseguição e graves violações dos direitos humanos, e o de reforma judicial para garantir que a justiça esteja a serviço do povo e não do dinheiro”, destacou.

Com a reforma da justiça, o governo também procura combater a violência contra as mulheres, acelerar o processo de feminicídios e conter a corrupção.

O presidente também ressaltou que “o governo de fato isolou o país internacionalmente, sem legitimidade e diante do questionamento internacional optou pela desqualificação e agressão verbal como política, deteriorando as relações com vários países como México, Argentina, Espanha, Cuba, Rússia e China”.

GESTÃO DA PANDEMIA.

Na visão de Arce, durante o governo interino de Áñez o combate à pandemia foi caracterizado por altos índices de casos fatais acompanhados por um alto número de casos de infecção e um nível insuficiente de testes.

O presidente indicou que a taxa de fatalidade de casos passou de 6,2% na primeira onda de contágio em 2020 para 2,7% entre a segunda e terceira, em 2021.

A esse respeito, ele afirmou que seu governo focalizou a estratégia em três linhas de ação que eram testes em massa gratuitos, vacinação gratuita e fortalecimento do sistema de saúde a partir do nível central do Estado.

Arce lembrou que sob seu governo chegaram à Bolívia mais de 15,2 milhões de vacinas desde janeiro, das quais cerca de 7,9 milhões já foram aplicadas à população em três fases, começando com pessoal de saúde, depois com pessoas com doenças básicas e pessoas maiores de 18 anos. Atualmente, adolescentes de 16 e 17 anos estão sendo imunizados. EFE

Assine nossa newsletter

Assine nosso Boletim e ique bem informado com as principais notícias do Mundo

- Publicidade -
Redação do Diário Cariocahttps://diariocarioca.com
Equipe de jornalistas e colaboradores do jornal Diário Carioca. Profissionais de comunicação que trazem as informações mais importantes do Brasil e do Mundo

La OMS informa de que Sudáfrica y Botsuana acumulan el 62 % de los casos de ómicron en el mundo

Johannesburgo, 2 dic (EFE).- Sudáfrica y Botsuana acumulan el 62 % de los casos de ómicron, la nueva variante del coronavirus, detectados en el...

La EMA evalúa en tiempo real la vacuna de la covid-19 de la francesa Valneva

La Haya, 2 dic (EFE).- La Agencia Europea de Medicamentos (EMA) comenzó este jueves a evaluar en tiempo real los datos emergentes de la...

Rusia vuelve a registrar más de 33.000 casos por covid y no bajan las muertes

Moscú, 2 dic (EFE).- Rusia volvió a registrar hoy más de 33.000 muertes por covid-19 después de solo dos días por debajo de este...

Descubren el posible detonante de los trombos tras la vacuna de AstraZeneca

Londres, 2 dic (EFE).- Un equipo de científicos del Reino Unido y Estados Unidos cree haber descubierto el detonante para el desarrollo de unos...

EE.UU. exigirá a los viajeros un test negativo de 24 horas antes de su vuelo

Washington, 2 dic (EFE).- Estados Unidos exigirá a partir del próximo lunes a todos los viajeros que se trasladen a su territorio que presenten...
- Publicidade -

Agora é lei: O Tablado é patrimônio cultural e imaterial do Rio

 teatro “O Tablado” é patrimônio cultural e imaterial do estado do Rio de Janeiro. É o que declara a Lei n° 9.479/21
- Publicidade -