22 C
Rio de Janeiro
8 dezembro, 2021

Nicarágua terá vacinação de casa em casa contra Covid-19

- Publicidade -

Diário Carioca Google News

Manágua, 10 nov (EFE).- O governo da Nicarágua anunciou nesta quarta-feira que vacinará a população de casa em casa contra a Covid-19, a fim de conseguir uma maior cobertura das pessoas imunizadas.

- Publicidade -

“Temos a força para ir de casa em casa para qualquer um que queira ser vacinado, porque vamos lembrar que a vacinação é voluntária. Qualquer um que quiser poderá ser vacinado em sua própria casa”, declarou a vice-presidente e primeira-dama, Rosario Murillo, através da mídia governamental.

- Publicidade -

Ela também anunciou que brigadas itinerantes serão criadas para que as comunidades mais distantes também sejam atendidas e destacou que as vacinas estarão disponíveis em todas as feiras de saúde.

- Advertisement -

Até agora, o governo havia implementado duas estratégias de vacinação: uma baseada em inoculações em grandes hospitais em áreas urbanas, e outra levando as doses para os Centros de Saúde, unidades existentes em todos os municípios da Nicarágua.

Desde o início da vacinação contra a Covid-19 até hoje, o país vacinou 53% da população acima de 2 anos de idade com pelo menos uma dose, de acordo com dados oficiais. A porcentagem de habitantes imunizados passou de menos de 10% em agosto passado para mais de 50% em outubro, de acordo com relatórios emitidos por Murillo.

As autoridades nicaraguenses informaram que garantiram 7 milhões de doses de vacinas cubanas e 3,39 milhões de doses de imunizantes russos.

O país da América central aplica as cubanas Abdala e Soberana 02 a crianças de 2 anos de idade e adolescentes com até 17 anos, respectivamente. Também inocula a Sputnik V de duas doses e a Sputnik Light, de aplicação única. Esses imunizantes ainda não foram aprovados pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Graças a doações de Espanha, Estados Unidos, Canadá, Noruega, Índia, Panamá e ao mecanismo Covax, além de um empréstimo de doses de Honduras, a Nicarágua também injetou as vacinas da AstraZeneca e da Pfizer, aprovadas pela OMS.

O governo da Nicarágua anunciou até quatro vezes que irá produzir as vacinas russas Sputnik V, Sputnik Light e Covivac, mas até agora não conseguiu. EFE

Assine nossa newsletter

Assine nosso Boletim e ique bem informado com as principais notícias do Mundo

- Publicidade -
Redação do Diário Cariocahttps://diariocarioca.com
Equipe de jornalistas e colaboradores do jornal Diário Carioca. Profissionais de comunicação que trazem as informações mais importantes do Brasil e do Mundo

Sao Paulo exigirá el pasaporte sanitario a partir del 15 de diciembre

Sao Paulo, 8 dic (EFE).- Sao Paulo, el estado más poblado de Brasil, solicitó este miércoles al Ministerio de Salud que exija el llamado...

Reino Unido reintroduce restricciones para frenar la expansión de ómicron

Londres, 8 dic (EFE).- El primer ministro británico, Boris Johnson, anunció este miércoles nuevas restricciones al contacto social para evitar la rápida transmisión de...

Centroamérica, excepto Panamá, experimenta una bajada aguda de los contagios de covid-19

Washington, 8 dic (EFE).- Los países de Centroamérica, excepto Panamá, han experimentado "una bajada aguda" de los contagios de covid-19 en la última semana,...

La IATA pide el fin de las restricciones aéreas dictadas por la ómicron

Ginebra, 8 dic (EFE).- La Asociación Internacional del Transporte Aéreo (IATA), que engloba a buena parte de las aerolíneas mundiales, pidió hoy a los...

La covid impide celebrar, por segundo año, el Baile de la Ópera de Viena

Viena, 8 dic (EFE).- El Gobierno austríaco ha decidido cancelar, por segundo año consecutivo, la celebración del Baile de la Ópera de Viena, uno...
- Publicidade -

Rio Gastronomia começa com shows de Geraldo Azevedo e Teresa Cristina

Maior evento de gastronomia do Brasil retorna ao Jockey Club Brasileiro nos dias 9 a 12 e 16 a 19 de dezembro.
- Publicidade -