24.2 C
Rio de Janeiro
29 novembro, 2021

Álex Saab se declara inocente de lavagem de dinheiro nos EUA

- Publicidade -

Diário Carioca Google News

Miami, 15 nov (EFE).- O empresário colombiano Álex Saab, suposto testa de ferro do presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, se declarou inocente de uma acusação de lavagem de dinheiro nesta segunda-feira, em um tribunal federal dos Estados Unidos.

Em breve audiência de cerca de 15 minutos realizada em Miami diante do juiz Robert N. Scola Jr para a leitura formal das acusações, a defesa insistiu que Saab, de 49 anos, é um diplomata que também conta com cidadania venezuelana e imunidade.

Após mais de um ano preso em Cabo Verde, Saab foi extraditado para os EUA em 16 de outubro para responder por um caso de lavagem de dinheiro ligado aos Comitês Locais de Abastecimento e Produção (CLAP) da Venezuela, um sistema criado pelo presidente Nicolás Maduro em 2016 que o Departamento do Tesouro dos EUA diz ser um esquema para o empresário obter “lucros substanciais”.

Saab, que apareceu vestido com um macacão bege, enfrenta uma sentença de cerca de 20 anos se for condenado pela acusação única de conspiração para cometer lavagem de dinheiro, pena que pode ser reduzida se ele fizer um acordo com os procuradores, o que normalmente inclui a entrega de outros cúmplices.

- Advertisement -

Há 15 dias, o juiz Scola, que permanecerá encarregado do caso, indeferiu sete acusações de lavagem de dinheiro contra Saab.

A redução de acusações fazia parte do acordo de extradição com o governo cabo-verdiano, de modo a que, se ele fosse considerado culpado, a sentença não excedesse a pena que teria recebido no país africano.

A audiência desta segunda-feira foi aberta à imprensa, como solicitado pela acusação com o fundamento de que o caso é de “interesse público”, e depois de a defesa da Saab ter solicitado que o acesso dos jornalistas fosse limitado para evitar que fossem tiradas fotos do acusado, como aconteceu na primeira audiência, em 18 de outubro.

Como parte da moção, Saab tinha anexado uma lista de pessoas e veículos de comunicação que supostamente violaram a Regra Federal de Processo Penal 53, que proíbe a coleta e a divulgação de imagens obtidas durante as audiências no Distrito Sul da Florida, e solicitou uma investigação.

Em resposta, o juiz ordenou na semana passada à Procuradoria dos EUA que investigasse os veículos que ilegalmente tiraram e publicaram fotografias na audiência feita pelo aplicativo Zoom.

Scola frisou que não limitará as audiências online, como solicitado pela defesa, mas disse que “pretende” realizar futuras audiências em tribunal pessoalmente para evitar tais problemas e dado que a incidência da pandemia de covid-19 diminuiu na Flórida. EFE

Assine nossa newsletter

Assine nosso Boletim e ique bem informado com as principais notícias do Mundo

- Publicidade -
Redação do Diário Cariocahttps://diariocarioca.com
Equipe de jornalistas e colaboradores do jornal Diário Carioca. Profissionais de comunicação que trazem as informações mais importantes do Brasil e do Mundo

La ómicron deja en el limbo a Yaya Sithole, internacional con Sudáfrica

Lisboa, 29 nov (EFE).- La variante ómicron ha dejado en tierra de nadie al joven futbolista internacional con Sudáfrica Yaya Sithole, centrocampista que milita...

Corea del Sur mantiene las restricciones por el actual ritmo de contagios

Seúl, 29 nov (EFE).- El presidente surcoreano, Moon Jae-in, dijo hoy que el país no activará de momento una relajación de las restricciones sociales...

Francia descarta un cierre de las fronteras interiores en la UE

París, 29 nov (EFE).- El secretario de Estado francés de Asuntos Europeos, Clément Beaune, afirmó este lunes que no se cerrarán las fronteras interiores...

El coordinador del comité Covid en Italia dice que ómicron emás contagiosa, pero “no parece más peligrosa”

Roma, 29 nov (EFE).- El coordinador de comité científico-técnico que se ocupa de gestionar la pandemia en Italia, Franco Locatelli, dijo hoy que la...

Hong Kong detecta un nuevo caso de la variante ómicron de la covid-19

Pekín, 29 nov (EFE).- Las autoridades sanitarias de Hong Kong informaron este lunes de un nuevo caso de la variante ómicron de la covid-19,...
- Publicidade -

A Culpa é do Cabral recebe MC Carol

A Culpa é do Cabral, mesa redonda de humor consagrada pelo quinteto de comediantes formado por Fabiano Cambota, Nando Viana, Rafael Portugal, Rodrigo Marques e Thiago Ventura recebe MC Carol no próximo episódio inédito.
- Publicidade -