26.1 C
Rio de Janeiro
2 dezembro, 2021

Ministro da Saúde do Chile incentiva população a participar das eleições

- Publicidade -

Diário Carioca Google News

Santiago de Chile, 18 nov (EFE).- O ministro da Saúde do Chile, Enrique Paris, defendeu nesta quinta-feira a participação popular nas eleições presidenciais do país, que acontecerão daqui três dias, em meio a uma leve alta no número de casos de covid-19.

- Publicidade -

“A convocação é para ir às urnas e fazer parte desta festa democrática”, garantiu o integrante do governo liderado por Sebastián Piñera, que não concorre no pleito.

- Publicidade -

Segundo Paris, a situação do país, atualmente, é “muito diferente e mais positiva” do que nas primárias, que foram realizadas em julho deste ano, devido ao avanço da campanha de vacinação contra a covid-19.

- Advertisement -

Para as eleições deste domingo, vigorarão rígidos protocolos, como o uso de máscara e oferecimento de álcool em gel. Os idosos e pessoas com comorbidades poderão votar em horário preferencial, conforme destacou a subsecretária de Saúde do país, Paula Daza.

Estão aptos a votar 15 milhões de chilenos, que escolherão o novo presidente do Chile, que iniciará mandato em março, todos os novos deputados do país, além de parte dos senadores.

Atualmente, de acordo com dados oficiais, 90% da população-alvo conta com esquema completo de vacinação. Além disso, 7,5 milhões dos 19 milhões de habitantes do país já receberam dose de reforço.

A leve alta no número de casos dos últimos dois meses no Chile deu sinais de recuo nesta semana, com uma queda de 0,3% no número de novos casos de infecção, na comparação com a média dos últimos sete dias.

No balanço mais recente, divulgado ontem, foi notificados 2.640 positivos para o novo coronavírus e 33 mortes por covid-19.

Com isso, o total desde o início da pandemia no Chile foi elevado para mais de 1,7 milhão de casos e 38.049 vítimas da doença.

No país, já não vigora mais toque de recolher para a população, nem qualquer região está sob regime de quarentena. As restrições principais são nos limites de ocupação de restaurantes, bares, academias e outros estabelecimentos.

Desde o mês passado, estrangeiros vacinados podem entrar no território chileno por via aérea. A partir de 1º de dezembro, o acesso também será autorizado pelas fronteiras terrestres. EFE

Assine nossa newsletter

Assine nosso Boletim e ique bem informado com as principais notícias do Mundo

- Publicidade -
Agência EFEhttps://www.efe.com/efe/brasil/3
A agência EFE é um serviço de notícias internacional criado em 1939 em Espanha. É uma das maiores agências de notícias do mundo, primeira em idioma espanhol e principal provedor de serviços informativos para os meios de comunicação nos países de língua espanhola

La OMS informa de que Sudáfrica y Botsuana acumulan el 62 % de los casos de ómicron en el mundo

Johannesburgo, 2 dic (EFE).- Sudáfrica y Botsuana acumulan el 62 % de los casos de ómicron, la nueva variante del coronavirus, detectados en el...

La EMA evalúa en tiempo real la vacuna de la covid-19 de la francesa Valneva

La Haya, 2 dic (EFE).- La Agencia Europea de Medicamentos (EMA) comenzó este jueves a evaluar en tiempo real los datos emergentes de la...

Rusia vuelve a registrar más de 33.000 casos por covid y no bajan las muertes

Moscú, 2 dic (EFE).- Rusia volvió a registrar hoy más de 33.000 muertes por covid-19 después de solo dos días por debajo de este...

Descubren el posible detonante de los trombos tras la vacuna de AstraZeneca

Londres, 2 dic (EFE).- Un equipo de científicos del Reino Unido y Estados Unidos cree haber descubierto el detonante para el desarrollo de unos...

EE.UU. exigirá a los viajeros un test negativo de 24 horas antes de su vuelo

Washington, 2 dic (EFE).- Estados Unidos exigirá a partir del próximo lunes a todos los viajeros que se trasladen a su territorio que presenten...
- Publicidade -

Agora é lei: O Tablado é patrimônio cultural e imaterial do Rio

 teatro “O Tablado” é patrimônio cultural e imaterial do estado do Rio de Janeiro. É o que declara a Lei n° 9.479/21
- Publicidade -