28.2 C
Rio de Janeiro
5 dezembro, 2021

Rússia registra 1.251 mortes por covid-19 e alcança novo recorde na pandemia

- Publicidade -

Diário Carioca Google News

Moscou, 18 nov (EFE).- A Rússia registrou nesta quinta-feira mais 1.251 mortes provocadas pela covid-19, o que representa o novo recorde diário, de acordo com dados do comitê de combate ao novo coronavírus, montado pelo governo do país.

- Publicidade -

A cidade de Moscou foi a subdivisão administrativa do território russo com mais vítimas notificadas, 94, seguida por São Petersburgo, que teve 79. Em seguida, apareceu a região de Krasnodar, com 65.

- Publicidade -

Desde o início da pandemia da covid-19, faleceram na Rússia 260.335 pessoas, embora estatísticas oficiais sobre mortes no mesmo período apontem para um número duas vezes maior.

- Advertisement -

De acordo com o comitê estatal, nas últimas 24 horas, foram detectados mais 37.374 casos de infecção pelo novo coronavírus, com Moscou seguindo como epicentro do contágio, com 4.062 destes positivos, seguida por São Petersburgo, com 2.645.

Ao todo, já foram notificados na Rússia 9.182.538 infecções pelo novo coronavírus, o que deixa o país atrás apenas de Estados Unidos, Índia, Brasil e Reino Unido em números absolutos.

Além disso, de acordo com o comitê governamental, 57.961.578 de pessoas contam com esquema completo de vacinação contra a covid-19, o que representa 49% da população, ainda muito abaixo da meta de 80% traçada pelas autoridades locais.

Hoje, a diretora do Comitê de Defesa do Consumidor russo, Anna Popova, revelou que o governo pretende ampliar o passaporte sanitário, que será obrigatório no país a partir de 1º de fevereiro em locais públicos fechados e transporte público.

Segundo a funcionária, a ideia é fazer com que o certificado também seja válido para pessoas que comprovem por exames um nível suficiente de anticorpos, mesmo que não estejam vacinadas. EFE

Assine nossa newsletter

Assine nosso Boletim e ique bem informado com as principais notícias do Mundo

- Publicidade -
Agência EFEhttps://www.efe.com/efe/brasil/3
A agência EFE é um serviço de notícias internacional criado em 1939 em Espanha. É uma das maiores agências de notícias do mundo, primeira em idioma espanhol e principal provedor de serviços informativos para os meios de comunicação nos países de língua espanhola

EE.UU. prevé permitir viajes desde Sudáfrica en “un periodo razonable de tiempo”

Washington, 5 dic (EFE).- El principal epidemiólogo del Gobierno estadounidense, Anthony Fauci, señaló este domingo que espera que EE.UU. revise sus restricciones de viaje...

Cuba registra 88 nuevos casos de covid-19 y dos muertes

La Habana, 5 dic (EFE).- Las autoridades sanitarias cubanas informaron este domingo que en las 24 horas previas se identificaron 88 nuevos casos por...

Portugal, con muertes en máximos de marzo, refuerza a vacunados de Janssen

Lisboa, 5 dic (EFE).- Portugal notificó hoy 23 fallecimientos por covid-19, un nuevo máximo desde el mes de marzo, en una jornada en la...

Unas 8.000 personas se manifiestan en Bruselas contra las medidas anticovid

Bruselas, 5 dic (EFE).- Unas 8.000 personas recorrieron hoy las calles de Bruselas en protesta contra las medidas sanitarias para contener el coronavirus y...

Paulo Guedes diz que subida dos juros deve provocar desaceleração na economia

O ministro da economia, Paulo Guedes, reconheceu que a subida dos juros para combater a inflação vai provocar uma desaceleração na economia
- Publicidade -

Gávea recebe Festival de Humor

Reunindo alguns dos principais nomes do standup comedy nacional em uma só noite, o Festival de Humor 2021 acontece na Gávea, no Teatro Clara Nunes
- Publicidade -