28.2 C
Rio de Janeiro
5 dezembro, 2021

Governo da Áustria impõe confinamento geral para conter alta da covid-19

- Publicidade -

Diário Carioca Google News

Viena, 19 nov (EFE).- O governo da Áustria anunciou nesta sexta-feira que o país voltará ao regime de confinamento geral da partir da próxima segunda-feira, diante do aumento do número de casos de infecção pelo novo coronavírus.

- Publicidade -

“A população deverá respeitar novas restrições durante 20 dias, porque muitos não se mostraram solidários. Peço a vocês que sigam as medidas e reduzam os contatos”, afirmou o chanceler do país europeu, Alexander Schallenberg, após reunião com governadores em que foi tomada a decisão divulgada hoje.

- Publicidade -

O chefe de governo, além disso, anunciou que a vacinação contra a covid-19 se tornará obrigatório no território austríaco a partir de fevereiro de 2022, em um contexto em que apenas 65% da população completou o esquema de imunização, uma das taxas mais baixas da Europa Ocidental.

- Advertisement -

Com isso, a Áustria se tornou o primeiro país que integra a União Europeia (UE) a adotar a obrigatoriedade da vacinação para toda a população, com imposições de sanções para as pessoas que descumprirem a determinação.

Atualmente, o país tem um dos índices de contágio mais altos do continente, com quase 1.000 casos de infecção para cada 100 mil pessoas nos últimos sete dias, de acordo com dados oficiais.

“Apesar de meses de insistência, apesar de todas as campanhas nos meios de comunicação, apesar de tudo, não conseguimos convencer as pessoas a se vacinarem”, lamentou Schallenberg.

O político conservador fez crítica aberta às correntes políticas austríacas que fazem se opõem ao processo de imunização, como o partido de extrema-direita FPO.

“Um atentado contra o sistema sanitário”, afirmou o chanceler austríaco.

As decisões anunciadas hoje pelo governo federal foram tomadas a partir de consenso com as autoridades regionais, em uma reunião que terminou na madrugada de hoje.

Médicos e outros especialistas vinham cobrando medidas mais duras no país, depois que os hospitais de duas das regiões mais afetadas, Salzburg e Alta Áustria, ficaram perto do colapso, já que o confinamento apenas dos não vacinados, já adotado, não havia mostrado resultado.

O líder do FPÖ, Herbert Kickl, que cumpre regime de quarentena, por ter dado positivo em teste para a covid-19, usou as redes sociais para criticar a vacinação obrigatória e garantiu que, com ela, a a Áustria se torna “uma ditadura”.

O partido, inclusive, convocou uma manifestação contra a medida para amanhã.

O confinamento que vigorará a partir de segunda-feira é o quarto decretado no país desde o início da pandemia. As pessoas só poderão sair de suas casas para realizar algumas tarefas, como ida a médicos, ajudar outras pessoas, fazer exercícios ao ar livre.

Os estabelecimentos comerciais considerados não essenciais, como restaurantes, academias, outros locais de entretenimento e lazer ficarão fechados. Supermercados e farmácias, por sua vez, funcionarão.

Diferente do que aconteceu em outros confinamentos, as creches e escolas não terão atividades suspensas.

Além disso, o uso das máscaras será obrigatório em todos os espaços fechados. EFE

Assine nossa newsletter

Assine nosso Boletim e ique bem informado com as principais notícias do Mundo

- Publicidade -
Agência EFEhttps://www.efe.com/efe/brasil/3
A agência EFE é um serviço de notícias internacional criado em 1939 em Espanha. É uma das maiores agências de notícias do mundo, primeira em idioma espanhol e principal provedor de serviços informativos para os meios de comunicação nos países de língua espanhola

EE.UU. prevé permitir viajes desde Sudáfrica en “un periodo razonable de tiempo”

Washington, 5 dic (EFE).- El principal epidemiólogo del Gobierno estadounidense, Anthony Fauci, señaló este domingo que espera que EE.UU. revise sus restricciones de viaje...

Cuba registra 88 nuevos casos de covid-19 y dos muertes

La Habana, 5 dic (EFE).- Las autoridades sanitarias cubanas informaron este domingo que en las 24 horas previas se identificaron 88 nuevos casos por...

Portugal, con muertes en máximos de marzo, refuerza a vacunados de Janssen

Lisboa, 5 dic (EFE).- Portugal notificó hoy 23 fallecimientos por covid-19, un nuevo máximo desde el mes de marzo, en una jornada en la...

Unas 8.000 personas se manifiestan en Bruselas contra las medidas anticovid

Bruselas, 5 dic (EFE).- Unas 8.000 personas recorrieron hoy las calles de Bruselas en protesta contra las medidas sanitarias para contener el coronavirus y...

Paulo Guedes diz que subida dos juros deve provocar desaceleração na economia

O ministro da economia, Paulo Guedes, reconheceu que a subida dos juros para combater a inflação vai provocar uma desaceleração na economia
- Publicidade -

Gávea recebe Festival de Humor

Reunindo alguns dos principais nomes do standup comedy nacional em uma só noite, o Festival de Humor 2021 acontece na Gávea, no Teatro Clara Nunes
- Publicidade -