28.2 C
Rio de Janeiro
5 dezembro, 2021

Holanda faz alerta para pessoas que contraem covid-19 voluntariamente

- Publicidade -

Diário Carioca Google News

Haia, 19 nov (EFE).- A Inspeção de Saúde e Atenção à Juventude, órgão ligado do Ministério da Saúde da Holanda (IGJ), apelou nesta sexta-feira para que os jovens não contraiam deliberadamente a covid-19 para manter o passaporte sanitário, depois da divulgação dos planos do governo de retirar a vacinação do certificado.

- Publicidade -

“É perigoso se infectar intencionalmente pelo novo coronavírus. Ao fazer isso, você coloca em perigo a si mesmo e aos demais. A Inspeção de Saúde e Atenção à Juventude está indignada com as iniciativas que oferecem essa possibilidade. O coronavírus é perigoso, e você pode ficar gravemente doente”, indica comunicado emitido pelo órgão.

- Publicidade -

O alerta foi lançado após o surgimento de “entidade que, conscientemente, querem propagar o vírus”, diz a nota da IGJ, em alusão a grupos que oferecem a possibilidade de infecção, para permitir que as pessoas passem a ser classificadas como “recuperadas da covid-19”.

- Advertisement -

Dessa forma, o indivíduo em questão passa a ter direito ao passaporte sanitário.

“Me parece espantoso. É um tapa na cara de qualquer pessoa comprometida a lutar contra a pandemia durante mais de um ano e meio. Com certeza, também para os familiares de pessoas que perderam a vida por causa do novo coronavírus”, afirmou Marina Eckenhausen, responsável pela IGJ.

A inspetora destacou que o risco não é de apenas contrair uma forma grave da covid-19 ao não se vacinar, mas também “infectar outras pessoas, que, estas sim, podem ficar gravemente doentes”.

“Qualquer um que se infecte deliberadamente coloca em risco a saúde pública”, apontou o IGJ, em comunicado.

Na Holanda, um site passou a oferecer ontem um pacote no valor de 33,50 euros (R$ 210,83), que inclui um tubo com líquido que permitiria o comprador contrair a covid-19 e um teste surpresa para confirmar o contágio.

PLANO DO GOVERNO.

Embora não tenha apoio no Parlamento, o governo holandês planeja retirar, dentro de duas semanas, o passaporte sanitário dos vacinados, em caso de resultado negativo em exame de detecção do novo coronavírus.

O certificado vale, por exemplo, para acesso a locais considerados de risco, como bares, restaurantes, shows e, inclusive, estabelecimentos comerciais não essenciais.

Nas últimas duas semanas, A Holanda vem registrando recorde de novos casos de covid-19. O boletim divulgado ontem pelas autoridades locais indicou o registro de 23 mil positivos.

Atualmente, no país, 82,7% da população com mais de 12 anos conta com esquema completo de vacinação, enquanto 86,4% recebeu, ao menos, a primeira dose de imunizante.

Os números, no entanto, estão estagnados há meses. Até o momento, 1,8 milhão de pessoas não foi vacinada com qualquer dose no território holandês. EFE

Assine nossa newsletter

Assine nosso Boletim e ique bem informado com as principais notícias do Mundo

- Publicidade -
Agência EFEhttps://www.efe.com/efe/brasil/3
A agência EFE é um serviço de notícias internacional criado em 1939 em Espanha. É uma das maiores agências de notícias do mundo, primeira em idioma espanhol e principal provedor de serviços informativos para os meios de comunicação nos países de língua espanhola

EE.UU. prevé permitir viajes desde Sudáfrica en “un periodo razonable de tiempo”

Washington, 5 dic (EFE).- El principal epidemiólogo del Gobierno estadounidense, Anthony Fauci, señaló este domingo que espera que EE.UU. revise sus restricciones de viaje...

Cuba registra 88 nuevos casos de covid-19 y dos muertes

La Habana, 5 dic (EFE).- Las autoridades sanitarias cubanas informaron este domingo que en las 24 horas previas se identificaron 88 nuevos casos por...

Portugal, con muertes en máximos de marzo, refuerza a vacunados de Janssen

Lisboa, 5 dic (EFE).- Portugal notificó hoy 23 fallecimientos por covid-19, un nuevo máximo desde el mes de marzo, en una jornada en la...

Unas 8.000 personas se manifiestan en Bruselas contra las medidas anticovid

Bruselas, 5 dic (EFE).- Unas 8.000 personas recorrieron hoy las calles de Bruselas en protesta contra las medidas sanitarias para contener el coronavirus y...

Paulo Guedes diz que subida dos juros deve provocar desaceleração na economia

O ministro da economia, Paulo Guedes, reconheceu que a subida dos juros para combater a inflação vai provocar uma desaceleração na economia
- Publicidade -

Gávea recebe Festival de Humor

Reunindo alguns dos principais nomes do standup comedy nacional em uma só noite, o Festival de Humor 2021 acontece na Gávea, no Teatro Clara Nunes
- Publicidade -