22 C
Rio de Janeiro
8 dezembro, 2021

Paraguai enfrenta 3ª onda da covid-19 devido ao aumento de casos

- Publicidade -

Diário Carioca Google News

Assunção, 19 nov (EFE).- O Paraguai enfrenta sua terceira onda de covid-19 após o aumento consecutivo de casos em três de seus departamentos durante as últimas oito semanas, informaram nesta sexta-feira as autoridades do Ministério da Saúde.

- Publicidade -

Os departamentos de Alto Paraná, Caaguazú e Itapuá são as regiões com maior aumento de casos e óbitos no período, explicou em entrevista coletiva a diretora-geral de Vigilância em Saúde, Sandra Irala, destacando que a maioria dos casos são pessoas não vacinadas.

- Publicidade -

“Essa onda que já está sendo desenhada a nível nacional é baseada em pessoas não vacinadas; então, é um ressurgimento da doença, uma onda que para o nosso país é a terceira e para os outros países é a quarta”, afirmou.

- Advertisement -

Especificamente, no Alto Paraná nas últimas três semanas houve aumento de infecções de 40%, 62% e 54% em pessoas não vacinadas.

Enquanto isso, Caaguazú no mesmo período mostra um aumento de 66%, 64% e 67% em pessoas que não foram vacinadas.

Ela acrescentou que na capital também houve um aumento de três semanas e insistiu na importância da população ser vacinada com as duas doses e até com o reforço.

Além disso, também observou que o indicador “mais difícil” da pandemia é o número de mortes e que nas últimas oito semanas foram registradas 83 mortes, com uma média das últimas três semanas de 15 óbitos semanais.

“Temos que ter uma terceira dose para aumentar a defesa contra a doença e isso deve ser feito o mais rápido possível. Não devemos esperar que a onda chegue ao pico para decidirmos pela vacinação”, concluiu.

O Paraguai registrou 37 novos casos de coronavírus de SARS-CoV-2 ontem em um dia em que morreram quatro não vacinados e dois vacinados, segundo relatório diário do Ministério da Saúde, que distingue entre imunizados e não vacinados.

O país atingiu 462.146 casos acumulados desde o início da pandemia, enquanto o número de mortos aumentou para 16.349. EFE

Assine nossa newsletter

Assine nosso Boletim e ique bem informado com as principais notícias do Mundo

- Publicidade -
Agência EFEhttps://www.efe.com/efe/brasil/3
A agência EFE é um serviço de notícias internacional criado em 1939 em Espanha. É uma das maiores agências de notícias do mundo, primeira em idioma espanhol e principal provedor de serviços informativos para os meios de comunicação nos países de língua espanhola

Reino Unido reintroduce restricciones para frenar la expansión de ómicron

Londres, 8 dic (EFE).- El primer ministro británico, Boris Johnson, anunció este miércoles nuevas restricciones al contacto social para evitar la rápida transmisión de...

Centroamérica, excepto Panamá, experimenta una bajada aguda de los contagios de covid-19

Washington, 8 dic (EFE).- Los países de Centroamérica, excepto Panamá, han experimentado "una bajada aguda" de los contagios de covid-19 en la última semana,...

La IATA pide el fin de las restricciones aéreas dictadas por la ómicron

Ginebra, 8 dic (EFE).- La Asociación Internacional del Transporte Aéreo (IATA), que engloba a buena parte de las aerolíneas mundiales, pidió hoy a los...

La covid impide celebrar, por segundo año, el Baile de la Ópera de Viena

Viena, 8 dic (EFE).- El Gobierno austríaco ha decidido cancelar, por segundo año consecutivo, la celebración del Baile de la Ópera de Viena, uno...

Tedros: El mundo puede evitar que la variante ómicron genere otra crisis global

Ginebra, 8 dic (EFE).- El director general de la Organización Mundial de la Salud (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, pidió hoy a los gobiernos que...
- Publicidade -

Rio Gastronomia começa com shows de Geraldo Azevedo e Teresa Cristina

Maior evento de gastronomia do Brasil retorna ao Jockey Club Brasileiro nos dias 9 a 12 e 16 a 19 de dezembro.
- Publicidade -