22 C
Rio de Janeiro
8 dezembro, 2021

Itália reforça passaporte sanitário para covid-19 para conter pandemia

- Publicidade -

Diário Carioca Google News

Roma, 24 nov (EFE).- O governo da Itália aprovou nesta quarta-feira um decreto que, entre outras medidas, reforça o uso do passaporte sanitário para a covid-19, impedindo a presença de não vacinados em atividades de entretenimento e que impõe a aplicação de vacina em policiais e professores.

O primeiro-ministro da Itália, Mario Draghi, durante uma entrevista coletiva nesta quarta-feira em Roma. EFE/FABIO FRUSTACI
- Publicidade -

“Queremos prevenir para conservar, ser muito prudentes, para evitar riscos e manter o que foi conquistado neste ano”, disse o primeiro-ministro do país, Mario Draghi, em entrevista coletiva.

O primeiro-ministro da Itália, Mario Draghi, durante uma entrevista coletiva nesta quarta-feira em Roma. EFE/FABIO FRUSTACI
- Publicidade -

Apesar do pacote anunciado, o chefe de governo garantiu que a situação epidemiológica no território italiano está “sob controle”, apesar de uma leve piora recente nos indicadores.

O primeiro-ministro da Itália, Mario Draghi, durante uma entrevista coletiva nesta quarta-feira em Roma. EFE/FABIO FRUSTACI
- Advertisement -

A principal medida anunciada é que, entre 6 de dezembro a 15 de janeiro, como tentativa de aumentar um aumento de casos nos Natal, o passaporte sanitário só será válido para as pessoas que foram vacinadas ou que superaram a covid-19.

Dessa foram, deixam de poder contar com o certificado aqueles que apresentam teste com resultado negativo para a infecção pelo novo coronavírus.

O passaporte será obrigatório em todo o país durante este período e, a partir de janeiro, será solicitado nas regiões em que também passar a vigorar os alertas de nível amarelo e laranja, o segundo e o terceiro dos quatro adotados pelas autoridades.

As pessoas que não tiverem se vacinado ficarão impedidas de frequentar shows, eventos esportivos, bares, restaurantes, boates e cerimônias públicas, em que o comprovante é requisitado.

Draghi destacou, além disso, que a cobertura da vacinação alcança 84% da população, com 45,5 milhões de pessoas com mais de 12 anos tendo sido imunizadas.

Além disso, a vacina passará a ser obrigatória a partir do próximo dia 15 na Itália para todos os profissionais de saúde e que trabalham em instituições de acolhimento de idosos, além de funcionários administrativos da saúde, educação, militares, integrantes das forças de segurança, entre outras corporações.

O decreto foi aprovado pelo Conselho de Ministros e estipula também um reforço no sistema de controle do passaporte sanitário, que obriga as autoridades provinciais a criar planos de verificação do documento.

A Itália registrou, nas últimas 24 horas, mais 12.448 casos de infecção pelo novo coronavírus e 85 mortes causadas pela covid-19, o que eleva a quantidade de vítimas ao longo de toda a pandemia para 133.415. EFE

Assine nossa newsletter

Assine nosso Boletim e ique bem informado com as principais notícias do Mundo

- Publicidade -
Agência EFEhttps://www.efe.com/efe/brasil/3
A agência EFE é um serviço de notícias internacional criado em 1939 em Espanha. É uma das maiores agências de notícias do mundo, primeira em idioma espanhol e principal provedor de serviços informativos para os meios de comunicação nos países de língua espanhola

Bachelet: Una vacuna no puede administrarse nunca a la fuerza

Ginebra, 8 dic (EFE).- La alta comisionada de la ONU para los Derechos Humanos, Michelle Bachelet, aseguró hoy que "bajo ninguna circunstancia" se puede...

Sao Paulo exigirá el pasaporte sanitario a partir del 15 de diciembre

Sao Paulo, 8 dic (EFE).- Sao Paulo, el estado más poblado de Brasil, solicitó este miércoles al Ministerio de Salud que exija el llamado...

Reino Unido reintroduce restricciones para frenar la expansión de ómicron

Londres, 8 dic (EFE).- El primer ministro británico, Boris Johnson, anunció este miércoles nuevas restricciones al contacto social para evitar la rápida transmisión de...

Centroamérica, excepto Panamá, experimenta una bajada aguda de los contagios de covid-19

Washington, 8 dic (EFE).- Los países de Centroamérica, excepto Panamá, han experimentado "una bajada aguda" de los contagios de covid-19 en la última semana,...

La IATA pide el fin de las restricciones aéreas dictadas por la ómicron

Ginebra, 8 dic (EFE).- La Asociación Internacional del Transporte Aéreo (IATA), que engloba a buena parte de las aerolíneas mundiales, pidió hoy a los...
- Publicidade -

Rio Gastronomia começa com shows de Geraldo Azevedo e Teresa Cristina

Maior evento de gastronomia do Brasil retorna ao Jockey Club Brasileiro nos dias 9 a 12 e 16 a 19 de dezembro.
- Publicidade -