24.2 C
Rio de Janeiro
29 novembro, 2021

Argentina reafirma “irrenunciável compromisso” contra violência de gênero

- Publicidade -

Diário Carioca Google News

Buenos Aires, 25 nov (EFE).- A assessora da Presidência da Argentina, Dora Barrancos, destacou nesta quinta-feira o “irrenunciável compromisso” do governo do país na defesa das vítimas dos crimes motivados pelo gênero, no Dia Internacional da Eliminação da Violência Contra a Mulher.

A representante do Executivo liderado por Alberto Fernández destacou que a Argentina é reconhecida como “um dos países que com maior eficácia”, atuou para reduzir a violência no âmbito familiar durante o período de confinamento decretado devido a pandemia da covid-19.

Barrancos reconheceu que, “sem dúvida, falta muito” a ser feito e explicou que o governo está comprometido a seguir adiante com “políticas de justiça distributiva”, que não podem deixar de lado a perspectiva de gênero.

Para marcar o Dia Internacional da Eliminação da Violência Contra a Mulher, organizações sociais, políticas e movimentos feministas se mobilizaram em diversas partes da Argentina para dar visibilidade às denúncias que fizeram sobre o aprofundamento dos crimes de gênero durante a pandemia.

- Advertisement -

Segundo relatório divulgado hoje pelo Escritório de Violência Doméstica da Corte Suprema da Argentina, foram recebidas 10.919 denúncias de março de 2020 até agosto deste ano.

O órgão recebe informações sobre casos de violência doméstica na cidade de Buenos Aires e encaminha as vítimas para abrirem processos na justiça penal, civil ou em outros órgãos públicos.

Já o Observatório de Feminicídios da Argentina registrou o assassinato de 278 mulheres e de 12 mulheres trans, entre 25 de novembro de 2020 e 25 de novembro do ano passado, de acordo com levantamento apresentado hoje.

A organização indica que 33 das vítimas tinham feito denúncia anteriormente, que 29 tinham indício de ter sofrido abuso sexual e nove estavam grávidas.

Entre os autores dos feminicídios, 21 já contavam com medida cautelar preventiva antes de cometerem os crimes e 32 eram agentes na ativa ou aposentados das forças de segurança locais. EFE

Assine nossa newsletter

Assine nosso Boletim e ique bem informado com as principais notícias do Mundo

- Publicidade -

Los ministros de Sanidad del G7 analizan estrategias contra la ómicron

Londres, 29 nov (EFE).- Los ministros de Sanidad del Grupo de los Siete (G7, economías más desarrolladas) se reúnen este lunes, a convocatoria de...

España pide a sus turistas en Marruecos que contacten con sus aerolíneas

Rabat, 29 nov (EFE).- La Embajada de España en Marruecos solicitó a los españoles de viaje en el país magrebí que contacten con sus...

La República Checa confirma su primer caso de infección con variante ómicron

Praga, 29 nov (EFE).- La República Checa confirmó hoy su primer caso de infección con la variante ómicron del coronavirus, detectado en una mujer...

La ómicron deja en el limbo a Yaya Sithole, internacional con Sudáfrica

Lisboa, 29 nov (EFE).- La variante ómicron ha dejado en tierra de nadie al joven futbolista internacional con Sudáfrica Yaya Sithole, centrocampista que milita...

Corea del Sur mantiene las restricciones por el actual ritmo de contagios

Seúl, 29 nov (EFE).- El presidente surcoreano, Moon Jae-in, dijo hoy que el país no activará de momento una relajación de las restricciones sociales...
- Publicidade -

A Culpa é do Cabral recebe MC Carol

A Culpa é do Cabral, mesa redonda de humor consagrada pelo quinteto de comediantes formado por Fabiano Cambota, Nando Viana, Rafael Portugal, Rodrigo Marques e Thiago Ventura recebe MC Carol no próximo episódio inédito.
- Publicidade -