Daniela Albuquerque recebe no Sensacional desta quinta-feira (18) a modelo e escritora Andressa Urach.

Em uma “nova fase” de sua vida, ela detalha situações marcantes pelas quais passou ao fazer uma linha do tempo de sua trajetória. Antes dos 10 anos, Andressa foi abusada por seu avô adotivo na época e, ao relembrar as consequências disso, afirma: “O abuso rouba sua infância. Aflorou muito cedo a sexualidade em mim.”

Em 2015, a gaúcha se converteu ao cristianismo e entrou em contato com o avô adotivo para falar sobre perdão. “Liguei para dizer que o perdoava e para me desculpar pela exposição porque sei que isso afetou toda a família dele. Eu precisava me libertar do meu passado e me curar. Ele me atendeu, me tratou muito mal, mas cada um só dá aquilo que tem”, compartilha.

No início da vida adulta, após se divorciar de seu primeiro marido, Andressa enfrentou dificuldades financeiras e, para conseguir pagar as contas, começou a se prostituir. “Foi aos 21 anos”, relembra. “Ganhava muito mais como garota de programa do que como modelo. No começo recebia R$400 e foi até R$30 mil por um programa.”

Em dezembro, Urach se casou com o empresário Thiago Lopes em uma cerimônia intimista em Santa Catarina. Feliz com tudo o que tem vivido, ela compara a pessoa que se tornou hoje com a Andressa de pouco tempo atrás. “Hoje sou uma mulher completamente diferente do ano passado. Aos 33 anos, cheguei na melhor fase da minha vida”, afirma ela, que mudou sua visão sobre religião.

“Me tornei uma mulher fanática. Passar por esses seis anos de conversão me ensinou muito. Achava que para servir a Deus eu tinha que ficar totalmente tapada, por exemplo, e hoje não vejo pecado em usar um decote. Pecado é você ser uma pessoa ruim, machucar os outros, humilhar, isso é pecado.”

A entrevista completa irá ao ar no Sensacional de hoje, às 22h45, pela RedeTV!.

Redação do Diário Carioca

Equipe de jornalistas e colaboradores do jornal Diário Carioca. Profissionais de comunicação que trazem as informações mais importantes do Brasil e do Mundo