Diário Carioca Google News

                

Sede da Microsoft em Redmond, Washington. (Foto GeekWire / Monica Nickelsburg)

A Microsoft recomenda que todos os funcionários da área de Seattle que possam fazer seu trabalho em casa o façam nas próximas três semanas, até 25 de março, nos mais recentes esforços para impedir o disseminação do novo coronavírus.

A empresa emprega cerca de 54.000 pessoas na região de Seattle, a maioria delas em sua sede em Redmond, Washington. As orientações divulgadas quarta-feira por O vice-presidente executivo da Microsoft, Kurt DelBene , exclui trabalhadores em data centers, lojas de varejo e outros trabalhos que exijam estar no local.

A Microsoft também atualizou suas diretrizes globais de viagens, recomendando que as pessoas adiem as viagens para os campi da empresa em Seattle ou Bay Area “a menos que sejam essenciais para a continuidade da Microsoft”.

DelBene disse que o novo plano de trabalho em casa se baseia em orientações das autoridades de saúde de King County . A gigante da tecnologia é a mais recente empresa a instituir novas diretrizes, à medida que o estado de Washington lida com a disseminação do novo coronavírus, que causa a doença semelhante à gripe conhecida como Covid-19.

Siga esta publicação para atualizações contínuas no novo surto de coronavírus.

Newsletter

Mais Noticias

Lo que no dicen de Cuba

No empezó con Biden, hay que decir. Desde el 2017 vienen martillando la falacia de un estallido social en Cuba con su solución mágica, la “intervención humanitaria”

Redação do Diário Carioca

Equipe de jornalistas e colaboradores do jornal Diário Carioca. Profissionais de comunicação que trazem as informações mais importantes do Brasil e do Mundo