Diário Carioca Google News

Receba todas as notícias mais recentes sobre coronavírus e muito mais diariamente na sua caixa de entrada. A defesa do campeão do peso-leve do UFC Khabib Nurmagomedov contra Tony Ferguson no UFC 249 em 18 de abril pode estar em dúvida. Ele voou para casa no Daguestão depois de saber que sua luta não aconteceria nos Estados Unidos e agora, devido a uma proibição de viajar na Rússia, ele não pode mais sair. QUARENTENA DE CORONAVIRUS “Estávamos treinando na (American Kickboxing Academy) sem nenhuma informação sobre a luta, onde e como isso vai acontecer”, disse Nurmagomedov, de acordo com uma tradução da RT Sport. “Então o UFC nos disse que a luta 100% não está acontecendo nos Estados Unidos. E eles disseram que 99% acontecerá nos Emirados Árabes Unidos, Abu Dhabi.” Cerca de um mês antes da data da luta. Nurmagomedov disse que ele e sua equipe decidiram voar para os Emirados, mas, devido às restrições de viagem iminentes no país, eles voltaram para casa logo depois. Nos últimos três eventos, também afirma que o UFC quer continuar com o evento, mesmo que Nurmagomedov não consiga estar no card, segundo o campeão dos leves. “Então agora estou ouvindo que eles estão procurando organizá-lo comigo ou sem mim. OK, vá em frente “, disse Nurmagomedov. “Todos devem seguir as leis. Eu não sou contra, eu sei que os lutadores precisam alimentar suas famílias e pagar suas contas.” Eu sei o quão difícil é para o lutador “, acrescentou.” A menos que eles lutem, não são Estou ouvindo até que eles estão procurando um oponente para Tony, porque ele está nos Estados Unidos e eu estou aqui na Rússia. Mas não estou aqui por vontade própria. “NEW JERSEY GOLFERS RECOLHA MATERIAIS PARA DOAR De acordo com a ESPN, Justin Gaethje é o oponente substituto que foi oferecido a Ferguson, mesmo que não tenha sido acordado nem finalizado. O local do evento também ainda não foi decidido. CLIQUE AQUI PARA MAIS COBERTURA ESPORTIVA NO FOXNEWS.COM A luta pelo título foi sem dúvida a luta mais esperada de 2020.

Newsletter

Mais Noticias

Lo que no dicen de Cuba

No empezó con Biden, hay que decir. Desde el 2017 vienen martillando la falacia de un estallido social en Cuba con su solución mágica, la “intervención humanitaria”

Redação do Diário Carioca

Equipe de jornalistas e colaboradores do jornal Diário Carioca. Profissionais de comunicação que trazem as informações mais importantes do Brasil e do Mundo